Pular para o conteúdo principal

Sítios históricos no Ceará guardam a memória dos séculos XVIII a XX

Foto: Marcelino Júnior
Dentre os sítios históricos cearenses visitados pela reportagem, quatro - Aracati, Icó, Viçosa do Ceará e Sobral- foram tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).
Em Icó, a primeira cidade reconhecida, em 1998, cerca de 320 imóveis antigos formam o conjunto arquitetônico e urbanístico tombado. Os demais reúnem outras centenas de casarões, sobrados, igrejas, mercados e teatros cujas memórias abrangem do século XVIII até o século XX.
Aracati tem um importante casario, de 270 imóveis, tombado pelo Iphan em 2000. A maioria deles está localizada na Rua Coronel Alexanzito, a antiga Rua Grande, construída nos séculos XVIII e XIX, no auge da economia do charque.
O patrimônio arquitetônico colonial de Viçosa do Ceará, construído a partir de 1695, ainda segue de pé, em boa parte, como o testemunho vivo de três séculos de história, uma das mais importantes vilas de índios do Brasil do século XVIII, tombado pelo Iphan em 2003.
Segunda cidade do Ceará que teve seu Sítio Histórico tombado, em 1999, pelo Iphan, ficando atrás apenas de Icó, Sobral, passou a ter todos os bens imóveis sujeitos à vigilância e a outros meios de preservação.
A história do Cariri começa pelos índios que dão nome à região. Passa pelos colonizadores, os escravos, as missões, a cana-de-açúcar, as casas de farinha, os cangaceiros e personagens. Mas esta pode ser a região do Ceará que menos preserva seu patrimônio material ou sua memória. Leiam mais sobre os casarios do Interior do Ceará ao longo deste DOC.
Diário do Nordeste

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …