De onde vieram esses 292 anos?

Grecianny Carvalho Cordeiro*
No dia 13 de abril, Fortaleza, a Capital do Estado do Ceará, completa 292 anos de sua fundação.
Estudando um pouco sobre nossa História, deparei-me com a descoberta de interessantes curiosidades acerca da cidade de Fortaleza. 
Porque a História é sempre cheia de surpresas.
No distante ano de 1725, mediante parecer favorável do Conselho Ultramarino, uma Carta Régia mandou que fosse criada uma vila junto à fortaleza de Nossa Senhora da Assunção, onde havia apenas um povoado em seu redor, com alguns índios, já “pacificados”, alguns soldados e outros poucos moradores.
Assim, no dia 13 da abril de 1726, foi oficialmente inaugura da Villa de Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção do Ceará Grande.
A fortaleza de Nossa Senhora da Assunção, é bom ressaltar, onde hoje funciona a 10a. Região Militar, fora planejada pelo tenente-coronel Silva Paulet, por ordem do então governador Manuel Inácio de Sampaio, no ano de 1812, sendo inaugurada no ano de 1817, pelo engenheiro militar Pedro José da Costa Barros. 
Acontece que, tal fortaleza existia há muito tempo.
Na verdade, quando da chegada da segunda expedição holandesa ao Ceará, sob o comando de Mathias Beck, este determinou a construção de um forte, de modo a abrigar sua guarnição, protegendo-a de eventual ataque de invasores europeus e, também, dos próprios índios locais, muitos dos quais, ainda selvagens.
A imagem pode conter: texto
Assim, no dia 10 de abril de 1649, o engenheiro Ricardo Caar traçou o desenho de um forte de cinco pontas, num formato abaluartado, feito com paliçadas, situado num outeiro chamado Marajaitiba, nas margens do rio Pajeú, “onde corre um belo rio de água doce”. O Forte Schoonenborch. Foi nesta data e local, onde nasceu e cresceu a cidade de Fortaleza, tese defendida pelo Historiador Raimundo Girão e outros. 
Quando da rendição holandesa, pelo Tratado de Taborda, em 20 de maio de 1654, o Forte Schoonenborch foi entregue nas mãos dos vitoriosos portugueses, e mudou de nome: Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção. 
“Fez-se do Schoonenborch qualquer cousa, e transformaram-na em N. Senhora da Assunção, como os cristãos faziam aos templos dos pagãos, para terem as suas igrejas, e os sarracenos fizeram a estas, para terem suas mesquitas”, como atestou João Brígido (citado em A Cidade do Pajeú, de Raimundo Girão, p. 87).
Fortaleza completa, oficialmente, 292 anos, embora seja bem mais antiga. A História a preserva como se fora uma dama a querer esconder sua avançada idade.


Promotora de Justica

Comentários

Mais Visitadas

MEU PROFESSOR: MEU SUPER-HERÓI

Morre, aos 92 anos, a escritora Zibia Gasparetto

LAMENTAÇÕES DE UM LÁPIS

Um mestre da literatura em Londrina