História preservada em sítios, trilhas e casarões no Maciço de Baturité

Situada em Pernambuquinho, Guaramiranga, a Fazenda Floresta mantém preservado o casarão do Século XIX. O local oferece circuito guiado ( Foto: Thiago Gadelha )
Chegando ao Maciço de Baturité, é preciso reservar dois ou três dias para desfrutar todas as atrações que a Rota do Café Verde oferece. Até porque, a prosa dos moradores é boa e o cenário pede tempo para ver detalhes e provar tantos sabores. Entre os meses de julho e agosto dá até para acompanhar a colheita feita como manda a tradição.
Em Mulungu, o Sítio São Roque é parada obrigatória. Referência no cultivo do café arábica sombreado, o local oferece aos seus visitantes o contato direto com todo o processo de beneficiamento do grão, desde o plantio até a torragem e degustação. E embora tenha perdido recentemente seu grande idealizador, "Seu" Gerardo Queiroz Farias, as memórias dos tempos áureos continuam inspirando gerações. Ali é possível realizar trilhas ecológicas e conhecer de perto a fábrica de café e o casarão do século XIX, rodeado de jardins e adornado pela capela da família

Em Guaramiranga
Principal destino turístico da região, a cidade de Guaramiranga também guarda as marcas do ciclo cafeeiro. No Sítio Águas Finas, desde 1939 a Família Uchôa cultiva o Café Guará. O cafezal devidamente instalado sob as ingazeiras emoldura as trilhas, onde se faz a degustação de frutas típicas. Um dos pontos altos do passeio guiado é a parada na Casa do Velho da Mata, onde os visitantes são abastecidos de informação e sabores.
Igualmente convidativa, a Fazenda Floresta situada em Pernambuquinho, distrito de Guaramiranga, também abre suas portas à visitação, mediante agendamento. Ali, um circuito guiado leva os visitantes a conhecer os processos de produção: banco de mudas, cafezal e beneficiamento do café. É possível pilar, torrar e moer o café que depois pode ser adquirido na lojinha de fábrica com a marca Ejóia.
Os mais animados para as compras podem conferir os outros itens produzidos artesanalmente na fazenda como açúcar mascavo, rapadura, farinha de banana, banana-passa, cachaça de banana e licores de sabores variados.

Pacoti
De arquitetura imponente, a Casa do Sítio São Luís é um convite para quem deseja "viajar" de volta ao tempo. Localizado em Pacoti, o complexo mantém preservada a cozinha, com seu fogão a lenha, tacho de cobre, panelas de barro e chaleira fumegante.
Aos sábados e domingos, depois da visitação e de ouvir as histórias que fizeram a fama do lugar, todos que chegam são convidados a terminar a visita se deliciando com um autêntico Café do Sítio, repleto de receitas de família como bolo de café, pães e geleias. Vale a visita!

Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

Físico brasileiro recebe Prêmio Templeton de 2019

Câmara homenageia mulheres que se destacaram na luta por direitos

Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem 2019

Primeira edição da Semana de Arte Unifor abraça diversidade de linguagens e expressões

Capela revestida por milhares de ossos é ponto turístico excêntrico em Portugal