Quem ama acredita

Padre Geovane Saraiva*
A imagem pode conter: 1 pessoaAcreditar nos sinais de Deus é acreditar no duelo forte, sempre forte, da vida que vence a morte, com a consciência da vitória do Senhor na sua Páscoa. Sendo assim, sejamos convencidos de que seu amor pelo mundo é maior, e supera todos os obstáculos. A Celebração da Páscoa, acontecimento central da nossa fé, no qual Jesus ressuscitado permanece conosco para sempre, ensina-nos o caminho da vida na História, mesmo com tantos sinais de ventos contrários, rumo ao triunfo da vida.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área internaDeus quer de nós um coração grande, tendo por base o amor como condição e prova de nossa fé, mesmo diante de sinais adversos, túmulos e sepulcros vazios. Somos convidados a ver além das aparências, no contexto da Páscoa, que quer ser um processo que se concretiza através do compromisso dos cristãos; da força da graça que se renova na vida do Senhor ressuscitado. Que sejamos estimulados, desafiando-nos a viver o nosso batismo, morrendo com Cristo e com Cristo ressuscitando.

O Ressuscitado convida a vivermos a experiência de Maria Madalena e dos discípulos, a partir do referido túmulo vazio; da novidade nos sinais existenciais, pela dúvida, sofrimento, medo e morte, mas repleto dos sinais de solidariedade, justiça e esperança para o mundo. “Vi Cristo ressuscitado, o túmulo abandonado”, de tal modo surpreendeu e envolveu Maria Madalena do mistério pascal, que “saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: "Tiraram o Senhor do túmulo e não sabemos onde o colocaram” (Lc 20, 2).

Jesus ressuscitado se encontra lá, onde se vive segundo o Espírito Santo, onde se partilha o amor solidário e a verdadeira alegria. A exemplo dos discípulos e seguidores de Jesus de Nazaré, que o nosso compromisso seja o de vida onde há sinais de desalento, violência e morte. Jesus ressuscitado encontra-se nos crucificados de todo o mundo, a reprovar os que são a causa das crucifixões. Convertidos à Páscoa do Senhor, sejamos inundados por sua presença amorosa e perpétua em nosso meio. Feliz Páscoa!

*Pároco de Santo Afonso e vice-presidente da Previdência Sacerdotal, integra a Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza -geovanesaraiva@gmail.com

A imagem pode conter: 1 pessoa
A imagem pode conter: 1 pessoa
Nenhum texto alternativo automático disponível.
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas, mesa e área interna

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado