Pular para o conteúdo principal

Atrizes negras protestam em Cannes contra discriminação

As atrizes Aïssa Maïga, Eye Haidara, Sonia Rolland e Firmine Richard estavam no grupo que, nesta quarta, ergueu o punho diante das câmeras.

Atrizes negras se manifestam para denunciar a baixa representatividade no cinema da França, em Cannes em 16 de maio de 2018
Atrizes negras se manifestam para denunciar a baixa representatividade no cinema da França, em Cannes em 16 de maio de 2018 (AFP)

Dezesseis atrizes francesas negras desfilaram nesta quarta-feira (16) no tapete vermelho de Cannes para denunciar o racismo e a falta de representação no cinema francês.
O ato, que coincide com a publicação de um livro coletivo na França "Noire n'est pas mon métier" ("Negro não é o meu trabalho", em tradução livre), aconteceu quatro dias depois do histórico protesto, no mesmo local, de 82 mulheres da indústria do cinema para exigir uma paridade real.
As atrizes Aïssa Maïga, Eye Haidara, Sonia Rolland e Firmine Richard estavam no grupo que, nesta quarta, ergueu o punho diante das câmeras.
Para esta simbólica subida da famosa escadaria de Cannes, todas elas usaram roupas Balmain, cujo diretor artístico, Olivier Rousteing, miscigenado, lhes deu todo o seu apoio.
"Infelizmente para mim, reconheci facilmente (no livro) os comentários desagradáveis, a ignorância e a discriminação que tive que enfrentar ao longo da minha carreira", declarou o designer em um comunicado.
"Sorte sua que você tem traços finos", "sua pele não é suficientemente clara" e "você não é suficientemente africana", são algumas das frases citadas no livro.

AFP
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08