Exposição em Fortaleza resgata fragmentos da história da imprensa cearense

A exposição “Casa do jornalista: Fragmentos de uma imprensa citadina” está em cartaz no Centro Cultural Banco do Nordeste, no Centro de Fortaleza, até o dia 30 de junho. As visitações são gratuitas.
A exposição mostra extratos do acervo da Associação Cearense de Imprensa (ACI), fazendo conexões com fases da história da imprensa cearense, brasileira e com outros acervos e arquivos particulares.
A mostra é composta por objetos, fotografias e fichas de filiação à instituição como elementos iconográficos que apresentam redatores, repórter, editores, locutores, colaboradores, linotipistas, revisores, impressores, gazeteiros, locutores e fotógrafos, que trabalham ou ainda exercem atividade na imprensa cearense.
Serão expostos livros especializados, dissertações e teses sobre jornalismo e comunicação, realçando a preocupação de pesquisadores e escritores sobre a temática imprensa e jornalismo. Uma forma de demonstrar o impacto da atividade na sociedade local.
Espaços especiais apresentarão o Plebeu Gabinete de Leitura, cujo acervo bibliográfico, um dos mais ricos da cidade, foi recentemente incorporado à biblioteca da ACI, por doação da professora, historiadora e pesquisadora Adelaide Gonçalves, e uma pequena redação do final dos anos 1970, quando a máquina de datilografia ainda imperava, e os computadores pareciam distantes.
Serviço: 
Onde: Centro Cultural Banco do Nordeste (Rua Conde d’EU, 560 – Centro)
Quando: 9 de maio a 30 de junho
Entrada gratuita
Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

Alagoano que dirigiu filme que teve cenas gravadas em Penedo toma posse na ABL

Literatura e cinema ajudaram a tornar Notre-Dame conhecida no mundo

Principal nome da literatura feita para crianças no Ceará, Horácio Dídimo, morto em 2018, pode ser homenageado em Dia Estadual da Literatura Infantil

Catedral de Notre-Dame, em Paris, sofre incêndio na tarde desta segunda-feira

Herança do governo golpista