Pular para o conteúdo principal

História do transporte de passageiros é contada em Centro Cultural da Fetrans

Das carroças aos bondes, e chegando depois o ônibus. O transporte de passageiros evoluiu, cresceu e conta hoje com modernos veículos. Na semana em que se comemora o Dia Nacional dos Museus, a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans) convida a população cearense para conhecer a história do transporte. A exibição vai até esta sexta-feira (18).
No total, são seis exposições e um centro de documentação com biblioteca, documentos textuais e iconográficos. Além disso, a ação educativa “Pela janela do ônibus” atende alunos do ensino fundamental ao superior e grupos formais, estimulando os jovens a valorizarem o passado e o legado cultural da cidade que estão registrados em locais como os museus e centros culturais.
Na visita é possível conhecer o desenvolvimento dos carros na cidade, a formação do sistema de transporte coletivo através da biografia de empresários e marcos históricos, além de objetos usados pelos trabalhadores do setor desde 1940 nos espaços “Memorial Fotográfico”, “Galeria do Transporte” e “Salão do trabalho em transporte”. Nas exposições “Mais de um século sobre rodas” e “Um passeio pelo tempo” estão os documentos que orientam o sistema de transporte coletivo desde 1867 até 2004 no Ceará, e um pouco do que ocorreu no Brasil e no mundo.
As escolas interessadas podem entrar em contato com a Fetrans para realizar agendamento. O local está aberto a visitação, de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h e de 14h às 18h.

Serviço:Centro Cultural Fetrans 
Quando: Até 18 de maio, de 8h às 18h
Onde: Rua Dona Leopoldina, 1.050, Centro – Fortaleza
Informações: (85) 3261.7066

Tribuna do Ceará

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08