Pular para o conteúdo principal

Jabuti já recebe inscrições

Critérios de avaliações das 27 categorias que já existiam foram revistos. Edição inclui duas novas categorias: HQs e Livros Brasileiros Publicados no Exterior.
Inscrições ao Prêmio Jabuti estão abertas até o dia 18 de julho | © Divulgação
Inscrições ao Prêmio Jabuti estão abertas até o dia 18 de julho | © Divulgação
De hoje até o dia 18 de julho, editoras e autores poderão submeter suas obras para o Prêmio Jabuti, o mais longevo e tradicional prêmio literário do País. Podem se inscrever nas suas 29 categorias livros publicados entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2016. A edição de número 59 vem com algumas novidades. A principal delas foi a inclusão de duas categorias: Histórias em Quadrinhos e Livro Brasileiro Publicado no Exterior. Mas não param por aí.

O regulamento, que pode ser lido clicando aqui, foi revisado pela curadoria e os critérios de avaliação de cada uma das categorias ganharam nova redação, como pode ser lido no Anexo I do regulamento.

As novas categorias

Os livros inscritos em Histórias em Quadrinhos concorrem em pé de igualdade com os candidatos em outras categorias: com prêmio em dinheiro e podendo competir pelo prêmio Livro do Ano - Ficção. Por conta da criação dessa nova categoria, a categoria Adaptação deixa de receber livros desse gênero. Nessa categoria, o júri deverá se atentar a três critérios: integração entre imagem e texto; originalidade, inventividade e perícia técnica e edição e produção gráfica.

A categoria Livros Brasileiros Publicados no Exterior, ao contrário, é recheada de exceções. As principais delas são que o livro não concorre a prêmio em dinheiro e nem ao Prêmio Livro do Ano. Podem concorrer autores brasileiros (natos ou naturalizados), que tenham residência permanente no país. Os livros precisam ter tido a sua primeira edição em formato impresso publicada no exterior ao longo de 2016 com tiragem mínima de mil exemplares. Levam para casa o troféu, além do autor brasileiro, o editor estrangeiro, que receberá passagem e hospedagem por três dias em São Paulo, onde terá reuniões com editores brasileiros. Entre os critérios de avaliação dessa categoria, o Jabuti levará em conta as estratégias de promoção e de divulgação do título no exterior; tiragem e distribuição e qualidade e acabamento do produto final.

As outras 27 categorias da 59ª edição do Jabuti são: Adaptação; Arquitetura, Urbanismo, Artes e Fotografia; Capa; Biografia; Ciências da Natureza, Meio Ambiente e Matemática; Ciências Humanas; Ciências da Saúde; Comunicação; Contos e Crônicas; Didático e Paradidático; Direito; Educação e Pedagogia; Economia, Administração, Negócios, Turismo, Hotelaria e Lazer; Engenharias, Tecnologias e Informática; Gastronomia; Ilustração; Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil; Infantil; Infantil Digital; Juvenil; Poesia; Projeto Gráfico; Psicologia, Psicanálise e Comportamento; Reportagem e Documentário; Romance; Teoria/Crítica Literária, Dicionários e Gramáticas; e Tradução.

Os primeiros colocados em cada uma das categorias (exceto a Livro Brasileiro Publicado no Exterior) levam para casa, além da estatueta, prêmio de R$ 3,5 mil. Os ganhadores dos prêmios Livro do Ano – Ficção e Livro do Ano – Não Ficção ganham R$ 35 mil.

As inscrições devem ser feitas pelo site do Jabuti. Os valores das inscrições podem ser consultados clicando aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08