Pular para o conteúdo principal

Na próxima terça-feira, dia 8, o lançamento do “Movimento Fortaleza pede paz –Basta de violência!”

O movimento pretende chamar atenção dos Três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e exigir medidas cabíveis para o fim da violência crescente em Fortaleza
Acontece na próxima terça-feira, dia 8, o lançamento do “Movimento Fortaleza pede paz –Basta de violência!”, um movimento da sociedade civil, de cunho pacífico e apartidário, que visa enfrentar a insegurança e a violência que dominam o Estado do Ceará e principalmente a capital Fortaleza nos últimos anos.
O Movimento pretende como principais objetivos chamar atenção dos poderes judiciário, legislativo e executivo, e exigir medidas cabíveis e diferentes das iniciativas mal sucedidas que mantêm a população acuada e amedrontada enquanto assiste a morte atingir as ruas, quintais e casas. O Movimento Fortaleza pede paz convoca as pessoas de bem para um posicionamento ativo e constante que só cessará quando os índices da violência diminuírem e quando os cidadãos tiverem de volta a volta a paz e a certeza da segurança que todos os segmentos da população merecem.
Para isso, o Movimento promoverá, na noite do lançamento, uma carreata, bikeata e passeata de diversos pontos da cidade rumo ao Palácio da Abolição, equipamento público que ora representa todos os demais que futuramente serão abordados também.

Programação

A partir das 19h, a população poderá dirigir-se ao Palácio da Abolição, estrategicamente escolhido pela organização como palco para o depoimento de famílias enlutadas, vítimas da violência e da insegurança. Na oportunidade, será lido o MANIFESTO FORTALEZA PEDE PAZ e será anunciado a próxima concentração e ações para o monitoramento da violência na cidade. O Movimento sugere o uso de roupas brancas e confecção de faixas, cartazes relacionados ao movimento sem nenhuma identidade partidária. A programação oficial inicia às 20h com término previsto para terminar às 21h com a leitura do Manifesto Fortaleza Pede Paz.

Continuidade

Este Movimento encabeçado por familiares e amigos das famílias enlutadas da cidade e pretende promover novos atos mês a mês em locais distintos com o mesmo teor, a fim de sinalizar ao Poder Público que a sociedade vai acompanhar de perto e usar as redes sociais para divulgar os índices de violência e cobrar o que esperamos ver – a diminuição da violência graças a ações que não sejam mais do mesmo, mas sim venham a agir de forma efetiva tanto no combate ao crime como na sua prevenção. Está previsto ainda o lançamento do site oficial com o mapeamento e acompanhamento dos índices da violência que servirão de balizadores para o monitoramento decisivo de toda a população engajada nesta causa. Os mais diversos grupos e indivíduos já confirmaram a participação, unindo-se a dor e ao clamor dos familiares e amigos das Cecílias, Betinhos, Fonsequinhas e dos milhares de anônimos pelos quais poucos ousam lutar, defender e ajudar. Para mais informações siga o Instagram @fortalezapedepaz

Serviço

“Movimento Fortaleza Pede Paz – Basta de violência”
Data: 08/05/18- Terça- feira
Horários: Concentração 19h; Início da programação: 20h -21h
Local: Palácio da Abolição – Av. Barão de Studart, 500, Meireles, Fortaleza – CE
Carreata: Saída do Centro de Eventos às 19h, seguindo pela Av. Washington Soares, Av. Antônio Sales, Rua Monsenhor Catão, Av. Dom Luís, Praça Portugal, Rua Tibúrcio Cavalcante e Rua Tenente Benévolo.
Bikeata: Saídas às 20h da Praça da Gentilândia, Praça Argentina e Shopping Del Paseo
Instagram: @fortalezapedepaz

Boa Notícia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…