Pular para o conteúdo principal

Escola de Artes e Ofícios abre inscrições para curso de Conservação e Restauração

conservação
Oportunidade de ampliar o conhecimento: 15 vagas para o curso de aperfeiçoamento em Conservação e Restauração de Bens Patrimoniais Móveis e Integrados – Telas. As inscrições são gratuitas e as aulas serão realizadas na Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho, em Fortaleza. Haverá seleção dos candidatos. O limite máximo de inscritos será de 30.
Como parte do Programa de Formação Básica da Escola, o curso terá 328 horas/aula. Alunos egressos dos cursos de conservação e restauração em tela e escultura e as pessoas que possuam habilidades artísticas comprovadas, com mais de 18 anos, terão prioridade. Os candidatos devem ter, pelo menos, concluído o ensino médio ou cursando o último ano.
Os alunos terão direito a alguns benefícios: lanche diário, vale-transporte para o deslocamento da residência e vice-versa e todo o material didático necessário para o desenvolvimento das atividades dos cursos.
Os interessados devem realizar inscrições presenciais na sede da Escola de Artes e Ofício, na Avenida Francisco Sá, 1.801, Jacarecanga, nos horários de 8h-12h e 14h-17h. O período de seleção será nos dias 11 e 12 de junho.
O resultado será divulgado nesta quinta-feira (14). O período de matrícula será nos dias 18 e 19 do mesmo mês. As aulas têm início no dia 25.  As aulas serão de segunda a quinta, de 13h30 às 17h30. O curso é uma parceria entre o Instituto Dragão do Mar, em parceria com o Instituto Iracema.
No ato da inscrição, o candidato precisa apresentar os seguintes documentos: Formulário Padrão de Inscrição (disponibilizado no ato da inscrição); Cópia legível, frente e verso, de um documento de Identificação (carteira de Identidade, Carteira de Trabalho ou Carteira de Habilitação); Comprovante de escolaridade (certificado, histórico escolar, declaração da escola, outros). Cópia legível, frente e verso, do comprovante de residência: conta de energia (Enel) ou água (Cagece) referente aos meses de março, abril ou maio de 2018; Comprovante de renda mensal; Número do NIS (no caso de estar cadastrado em algum projeto social).
Ao atingir o limite máximo de 30 inscrições, haverá ainda um processo de seleção em que os candidatos vão precisar apresentar portfólio e entrevista. A ideia é oferecer uma qualificação continuada que dê oportunidade de aplicar técnicas específicas na área de conservação e restauração a partir do acervo artístico da pintora cearense Sinhá D’Amora.
Mais informações
As inscrições e os cursos serão presenciais e gratuitas
Período de inscrições: 6, 7 e 8 de junho de 2018.
Horário: Das 8h às 12h e 14h às 17h.
Local: Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho.
Endereço: Av. Francisco Sá, 1.801, bairro Jacarecanga, Fortaleza.
Informações: (85) 3238.1244.
Tribuna do Ceará

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08