O PARAÍSO É AQUI

Grecianny Carvalho Cordeiro*

As escolas são bem estruturadas, estão em excelente estado de conservação, com salas de aula bem decoradas, banheiros limpos, merenda escolar da melhor qualidade, acompanhadas por nutricionista, para garantir o equilíbrio perfeito. Os alunos amam ir à escola. Os professores estão super felizes com seus salários e as boas condições de trabalho.
As polícias receberam novas viaturas, armamentos modernos e adequados para o melhor desempenho de suas funções. O efetivo foi reforçado e o policial está bastante satisfeito com a atenção dada pelo Estado ao exercício de seu mister.
As estradas foram recuperadas e quilômetros e quilômetros de novos acessos foram feitos, além de túneis e viadutos, facilitando o escoamento do trânsito, de modo a que o motorista gaste menos tempo em congestionamentos. Isso sem falar nas ciclovias e vias próprias para os ônibus, dinamizando ainda mais o trânsito. E dentro em breve, serão inaugurados o VLT e o metrô.
Os postos de saúde funcionam diuturnamente. Médicos, enfermeiros e auxiliares em número suficiente para dar vazão ao grande público que todos os dias segue à procura de atendimento médico. Medicamentos disponíveis para todos os que deles precisarem. Equipamentos para realização de exames funcionando a pleno vapor. Vacinas não faltam para a prevenção de doenças, em especial, aquelas causadas pelo nefasto aedes aegypti.
A cultura não foi esquecida. Incentivos à promoção de eventos culturais de diversas natureza, contemplando o teatro, o cinema, a literatura, o cordel. Isso sem falar nos megaespetaculos em datas festivas, como o Réveillon, onde foram contratados os melhores cantores, as melhores bandas. Para o São João? Claro. Não poderia faltar o festival de quadrilhas juninas e os shows dos sertanejos, embora nada tenham a ver com o São João, mas refletem a vontade do povo.
A imagem pode conter: texto
Todas essas conquistas vêm sendo e serão mostradas na televisão, nas redes sociais, em propagandas de rádio e claro, no adorável programa eleitoral, afinal, o povo precisa saber o que esse governo fez e continua fazendo.
Estamos em ano eleitoral.

Como de hábito, esses serão os discursos difundidos e divulgados por aqueles que se encontram no poder, ávidos por manterem-se em seus cargos e privilégios.
Os adversários? Esses se encarregarão de menosprezar as mudanças e conquistas, prometendo um mundo de sonhos, coisas que jamais cumprirão.
Em ano eleitoral, não tenhamos dúvida, o paraíso é aqui.

*Promotora de Justiça

Comentários

Postar um comentário

Mais Visitadas

LAMENTAÇÕES DE UM LÁPIS

MEU PROFESSOR: MEU SUPER-HERÓI

Morre, aos 92 anos, a escritora Zibia Gasparetto

A Palavra Não