Literatura vale-paraibana será destaque na 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

A literatura da Região Metropolitana do Vale do Paraíba (RM Vale) será destaque no “Espaço Coletivo Editorial”, que estará na 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontece de 3 a 12 de agosto, no Anhembi.
O estande, uma parceria entre o Coletivo Editorial, The Bhaktivedanta Book Trust, Almanaque Urupês e o Taubaté Shopping, reunirá escritores da região para bate-papo e lançamento de livros, além de contar com biblioteca com obras de escritores da RM Vale.
“O Taubaté Shopping, um dos maiores polos geradores de cultura de Taubaté, segue firme com a missão de democratizar o acesso ao livro e valorizar a cultura regional, dedicando na Bienal do Livro, evento mais importante do segmento, um espaço à literatura vale-paraibana e sua diversidade”, explica Mauro Fontes, gerente de marketing do Taubaté Shopping.
No espaço haverá uma exposição que retrata o encontro da literatura da Índia, um dos braços de atuação do Coletivo Editorial, com a do Vale do Paraíba. A mostra homenageará também grandes nomes da cultura regional.
“Nós somos a embaixada do Vale do Paraíba na Bienal. Estamos levando desde os clássicos de nossa literatura, como Ruth Guimarães e Monteiro Lobato, até os nossos novos talentos”, acrescenta Pedro Rubim, da produtora cultural Almanaque Urupês.
No “Espaço Coletivo Editorial” será lançada ainda a Smart Touch Machine, uma máquina de livros inovadora, a primeira com esta tecnologia da América Latina e que foi criada em Taubaté.
O estande é o de número M064, próximo à Arena Cultural e ao Cozinhando com Palavras.
“Para nós, participar da 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo representa uma grande oportunidade de cumprir nossa missão de mostrar ao Brasil e ao mundo o grande legado literário do Vale do Paraíba”, conta John Petson, diretor executivo do Coletivo Editorial
O Pavilhão de Exposições do Anhembi, onde acontece a 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, fica na Av. Olavo Fontoura, 1209, Santana, em São Paulo. O horário de funcionamento é de segunda à sexta feira das 9h às 21h e aos sábados e domingos das 10h às 21h. O ingresso custa R$25,00.

Comentários

Mais Visitadas

O STF é uma vergonha

Dom Aloísio em nossos corações

Papa Francisco sobre os direitos humanos: todos têm o direito de ser felizes

Além das aparências

Aluno cearense que criou app para conservação de açude recebe Prêmio Jovem Cientista