Vencedor de “nobel de matemática” pode ter tido medalha furtada no Rio

 Cerimônia de abertura do Congresso Internacional de Matemáticos 2018 (ICM) e entrega da Medalha Fields, a mais importante premiação da matemática mundial, conhecida como “Nobel da Matemática” e entregue aos destaques da área com menos de 40
Um dos quatro premiados com a medalha Fields, considerada o Prêmio Nobel da Matemática, pode ter tido a medalha furtada. A pasta com o prêmio, entregue na manhã de hoje (1º) ao iraniano Caucher Birkar desapareceu no Congresso Internacional de Matemáticos (ICM 2018), no Rio de Janeiro. O ocorrido foi confirmado há pouco pela organização, que já acionou a polícia sobre o caso. O evento é realizado no Riocentro, na zona oeste da capital carioca.
Sem dar detalhes do episódio, a organização do congresso disse, por meio de nota, que lamenta profundamente o desaparecimento da pasta do matemático.
Segundo o G1, o professor Birkar deixou a medalha junto com a carteira e o celular, em uma pasta em cima de uma mesa. Depois de notar o furto da mesma, recorreu aos seguranças, que encontraram a pasta jogada, só com o celular dele. Para ajudar a desvendar o ocorrido, as imagens do circuito de segurança também são analisadas.
O medalhista, que foi morar no Reino Unido como refugiado, é hoje professor da Universidade de Cambridge, onde se destacou por pesquisas e avanços na geometria algébrica. Nascido em um vilarejo curdo, Birkar buscou asilo político depois de formado na Universidade de Teerã, a mais antiga do Irã. Ele é da mesma região em que viveram, séculos atrás, os matemáticos Omar Caiam (1048 – 1131) e Sharaf al-Din al-Tusi (1135-1213).
A Medalha Fields é entregue a cada quatro anos. São escolhidos quatro pesquisadores com menos de 40 anos para receber o prêmio.
Agência Brasil

Comentários

Mais Visitadas

LAMENTAÇÕES DE UM LÁPIS

Dentro da rotina das redes sociais, mulheres dividem as dificuldades e os pontos positivos de expor a maternidade

A Palavra Não

Livros com temática de direitos humanos são vandalizados na UnB