Em 38 anos de funcionamento, Plantão Gramatical registra mais de 690 mil atendimentos

Há 38 anos, a Prefeitura de Fortaleza criava o Plantão Gramatical. O serviço, que funciona, desde então, de forma ininterrupta no Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh), nasceu com o objetivo de auxiliar a comunidade sobre o uso correto da língua portuguesa. Nesse período, o Plantão Gramatical registrou mais de 690 mil atendimentos.
Atualmente, o serviço conta com uma média de mil atendimentos mensais tirando dúvidas sobre ortografia, morfologia, sintaxe, semântica e demais assuntos da língua portuguesa. Neste ano, contabilizou, até agosto, 7.661 consultas.
Marino Neto, mestre em linguística e especialista no ensino da língua portuguesa, completa, neste ano, 25 anos como professor do Plantão Gramatical. Para ele “a data expressa, claramente, a importância do serviço, que tem auxiliado milhares de consulentes no complexo uso da nossa língua, nestas quase quatro décadas”, afirma o docente.
Ao longo de sua existência, o Plantão Gramatical atendeu usuários de outros municípios e estados brasileiros, além de registrar atendimentos a pessoas de outros países. Veículos de comunicação, como os jornais O Estado de São Paulo e O Globo e a rádio BBC, de Londres, já publicaram matérias sobre o Plantão Gramatical de Fortaleza, firmando o serviço como referência.
A equipe do Plantão Gramatical é formada por cinco professores que atendem, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h. As dúvidas podem ser respondidas por telefone ou presencialmente. O número de telefone, meio mais usado, continua o mesmo desde a sua fundação: 3225-1979.

Serviço

Plantão Gramatical
Av. João Pessoa, 5609 – Damas
Telefone: 3225-1979
Horário de atendimento: 8h30 às 12h e 13h às 17h
Com informações da Assessoria de Comunicação

Boa Notícia

Comentários

Mais Visitadas

LAMENTAÇÕES DE UM LÁPIS

MEU PROFESSOR: MEU SUPER-HERÓI

Morre, aos 92 anos, a escritora Zibia Gasparetto

A Palavra Não