Pular para o conteúdo principal

Falece o poeta Horácio Dídimo

 
Horário Dídimo
Horácio Dídimo tinha 83 anos. ( Foto: divulgação )
Na manhã desta segunda-feira (3) foi comunidado pelo próprio filho do poeta Horácio Dídimo, Luciano Dídimo, o falecimento de seu pai. Ele havia sido internado na UTI do hospital da Unimed de sexta para sábado "devido a problemas renais e algumas outras complições da idade", afirmou Fernanda Diniz, uma das autoras do livro "Horácio Dídimo em Estudo".
velório acontece na Comunidade Católica Face de Cristo (Rua Dr. Edmilson Barros Oliveira, 191 - Dionísio Torres, Fortaleza - CE).

Homenagem em vida
O autor, professor, ensaísta e poeta Horácio Dídimo foi homenageado recentemente com um livro sobre sua obra. A produção faz parte da Coleção Ceará: Autor e Estudos críticos. 
Formada por um grupo de pesquisadores que se reúnem anualmente para estudar a obra de um autor cearense, o livro foi organizado por Cintya Kelly Barroso Oliveira, Fernanda Maria Diniz da Silva e Francisco Wellington Rodrigues Lima.

Diário do Nordeste

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08