Teatro São José reabre após oito anos desativado


teatro São José
O trabalho de recuperação do equipamento incluiu restauro de pisos, portas, mezanino e do palco ( FOTO: JL ROSA )
Após oito anos sem atividades, sendo dois deles dedicados a reformas, o Teatro São José, um dos mais emblemáticos equipamentos culturais do Estado, voltou a abrir as portas ao público, ontem (19), em Fortaleza. O prédio centenário, antes marcado por abandono, foi reinaugurado com estruturas restauradas, ampliação da área construída e programação especial de reabertura, que deve se estender até o dia 30 deste mês. A previsão é que o espaço receba atrações regulares a partir do próximo ano.
O trabalho de recuperação do equipamento incluiu restauro de pisos, portas, mezanino e do palco, que contou com instalação de nova iluminação e novo tablado. Por fora, o teatro teve a fachada resgatada em sua cor original, Amarelo Ocre, descoberta após prospecções pictóricas do reboco utilizado na parte externa da edificação. Além das reformas, o espaço foi ampliado com a construção de um prédio anexo e novas áreas.
Segundo o prefeito Roberto Cláudio, as obras foram acompanhadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde o início, para garantir a preservação de características internas e externas que remontam ao projeto original do teatro.
O teatro, conforme o gestor, passará a integrar o conjunto de equipamentos localizados no Centro da cidade, contribuindo para a promoção da cultura cearense. "Ele está no meio de um circuito de grande valor e energia cultural. Você tem o Centro Cultural Dragão do Mar, a biblioteca que o Governo deve inaugurar nesse ano, equipamentos privados, e a Caixa Cultural. Está no meio do coração mais pujantes da promoção da cultura cearense", destacou o prefeito.
Programação
O secretário de Cultura de Fortaleza, Gilvan Paiva, afirma que a obra pretende dar outra dimensão à história do teatro. O equipamento deve ter papel importante na articulação de um sistema municipal de teatros e na criação de uma escola de formação em Teatro.
Segundo Paiva, os próximos meses serão de adaptação e testes, para que, a partir de 2019, seja estrutura uma programação regular. "Vamos ter uma programação de reinauguração e a nossa previsão é que ano que vem ele esteja plenamente em atividades", ressaltou.
Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

Papa Francisco sobre os direitos humanos: todos têm o direito de ser felizes

Amigos e familiares relembram Patativa do Assaré em especial na TV Verdes Mares

Ednardo deve ser atração no Réveillon de Fortaleza