A importância de dar sem esperar receber algo em troca

As carências e feridas nos cegam a ponto de esquecer do essencial

Talvez você discorde, talvez você ache que esse tipo de amor é apenas quando um tira aproveito do outro, o que eu vou falar não é muito diferente. É a grande necessidade de só querer receber porque você acha que só você precisa.
Só eu quero ser amada,
Só eu quero ser cuidada,
Só eu preciso ser ajudada,
Só eu preciso disso.
As carências e feridas nos cegam a ponto de esquecer do essencial: dê o seu melhor, mesmo que não receba nada em troca, dê tudo que você almeja receber, dê independente da dor que você carrega, do trauma que você viveu, das decepções que você passou.
Acho que qualquer relacionamento, seja lá qual for o tipo, mas em especial o amoroso, não é só troca, é compartilhamento, ou seja, eu quero compartilhar tudo que tenho com você e isso inclui o meu melhor e o meu pior.
Isso decorre de uma outra questão: todas as pessoas que passam pelas nossas vidas deixam algo: lição, experiência, sofrimento, alegria; seja lá o que for, a escolha é sua, por isso escolha o melhor que você tiver, o que há de mais bonito e especial aí dentro.

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado