O país onde o livro mais lido de 2017 foi a Bíblia

"Ganham força e coragem para enfrentar as tormentas da vida ao lerem e escutarem a Palavra de Deus nas Sagradas Escrituras"

WOMAN,OUTDOORS,PRAYING
O Conselho Nacional de Desenvolvimento do Livro, nas Filipinas, divulgou uma pesquisa segundo a qual 72% da população do país lê a Bíblia, fazendo das Sagradas Escrituras cristãs o livro mais lido em 2017 naquela nação de maioria católica – 80% dos 110 milhões de filipinos.
Ao comentar a notícia, dom Arturo Bastes, bispo de Sorsogon, recordou que foram distribuídas 10 milhões de Bíblias nas Filipinas ao longo da última década. Ele próprio, durante anos, foi presidente da Comissão Episcopal para o Apostolado Bíblico.
Jayson Marco Caesar Leones, da Universidade de Manila, observou:
“Apesar do uso frequente das redes sociais e dos meios de comunicação modernos, os filipinos não se esquecem de ler a Bíblia como fonte de consolo e de inspiração para encarar os desafios do presente. Eles começam o dia em adoração, louvor e agradecimento a Jesus.
Eu me lembro de uma canção sobre a importância de ler a Bíblia. Ela diz: ‘Pega a Bíblia, abre, lê, entende; ela é a fonte da nossa esperança‘… Os filipinos, que são reconhecidos pela resiliênciadiante de calamidades e desastres, ganham força e coragem para enfrentar as tormentas da vida ao lerem e escutarem a Palavra de Deus nas Sagradas Escrituras”.
Aleteia

Comentários

Mais Visitadas

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

O Irmão Carlos de Foucauld

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP