Pular para o conteúdo principal

São Francisco Xavier

Padre Geovane Saraiva*
No outubro missionário, agradecemos ao nosso bom Deus, voltando-nos para a figura inquestionável de São Francisco Xavier (1506-1552), Padroeiro das Missões. Criatura de Deus, apaixonado pelo Seu Reino, teve disposição interior para o trabalho missionário, vivendo e testemunhando a fé que professou, ao partir para o Oriente e lá plantar a semente do Evangelho. Numa Igreja essencialmente missionária e sacramento de salvação, louvamos a Deus, pelo legado de intrepidez, bravura e ardor missionário, deixado por São Francisco Xavier, ao anunciar o Evangelho no século XVI, sobretudo no Oriente, consagrado como o maior de todos os tempos naquele continente.

Imagem relacionada
Cofundador da Companhia de Jesus (Paris, 15 de agosto de 1534), foi pioneiro ou precursor da ação missionária, de ir aos confins do mundo. Foi para a Igreja Católica, singularmente maior, depois de São Paulo, o Apóstolo dos Gentios, em busca da conversão dos cristãos, para ganhar novos irmãos para Cristo, merecendo o cognome de "Apóstolo do Oriente". Exerceu em toda a plenitude e com enorme fecundidade sua missão no Oriente, especialmente na Índia Portuguesa e no Japão. Queria mesmo era ser missionário da China, no mais sedento desejo de ver com os próprios olhos a semente do Evangelho plantada naquela terra, na sua memorável assertiva: "Se eu não encontrar um barco para chegar à China, vou nadando, mas eu vou".

Tendo como referencial São Francisco Xavier, somos enviados para testemunhar o Evangelho da Paz, contagiados pelo mesmo ardor missionário, e partir para os confins do mundo. Ele, consumido por Deus, no anúncio do Evangelho, num curto espaço de tempo (10 anos), visitou países e catequizou povos e nações, tornando-se quase impossível imaginar tal prodígio ou façanha nos dias de hoje. Como é bom contemplar, agradecidos, as maravilhas de Deus! Esse serviço lhe foi confiado no sonho de instaurar o Reino em toda a extensão da terra.

O Padroeiro das Missões marcou em profundidade uma época. Foi presente nas sólidas comunidades de fé por ele edificadas, nos longínquos tempos. Pelos seus dotes humanos aliados aos sobrenaturais, foi uma figura humana fascinada por Deus, no exercício de tal fascínio através do anúncio do Evangelho, sem jamais lhe faltar a garantia da promessa divina: "Eis que estarei convosco todos os dias, até o final dos tempos (Mt 28, 20)". Amém!

*Padre, Jornalista, Colunista e Pároco de Santo Afonso, Parquelândia, Fortaleza-CE. Da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …