Três pesquisadores ganham Nobel de Química estudando proteínas

Dois pesquisadores norte-americanos Frances H. Arnold e George Smith e o britânico Gregory P. Winter conquistaram hoje (3) o Prêmio Nobel de Química.
Eles pesquisam distintos aspectos na área de genética com o objetivo de "desenvolver proteínas que resolvam os problemas químicos da humanidade".
Pictures of the 2018 Nobel Prize laureates for chemistry: Frances H. Arnold of the United States, George P. Smith of the United States and Gregory P. Winter of Britain are displayed on a screen during the announcement at the Royal Swedish
Frances H. Arnold e George Smith e o britânico Gregory P. Winter conquistaram hoje o Prêmio Nobel de Química   (TT NEWS AGENCY/Via Reuters)

Frances H. Arnold desenvolve pesquisas na área de "evolução dirigida de enzimas", enquanto George P. Smith e Gregory P. Winter trabalham "para a exibição de péptidos e anticorpos em fagos.
O prêmio é concedido pela Academia Real das Ciências da Suécia, em Estocolmo, capital sueca.
Ontem (2), foi anunciado o Prêmio Nobel de Física em que um trio também conquistou: um americano, uma canadense e um francês por suas pesquisas no campo de física a lazer.
No dia 1º foi a vez de conhecer os vitoriosos do Prêmio Nobel de Medicina pelo desenvolvimento de pesquisas destinadas à cura do câncer.

Agência Brasil

Comentários

Mais Visitadas

Erasmo Carlos tem retratados seus dias de Jovem Guarda em 'Minha Fama de Mau'

Monteiro Lobato é tema de contação de histórias em livrarias de São Paulo

Filme 'No Portal da Eternidade' faz da loucura do artista Vincent van Gogh um caso de lucidez

Vocação de pescadores de homens

Prêmio Sesc de Literatura encerra inscrições na quinta-feira (14)