Livros sem uso podem ser doados para projeto das bibliotecas de terminais de ônibus

Sabe aquele livro que você não lê mais e que está esquecido na estante? Talvez outra pessoa possa se interessar por ele. Em Fortaleza, o livro que você doa pode ir para uma biblioteca pública municipal, ou uma biblioteca comunitária e até para os terminais de ônibus.
Cada leitor tem a sua preferência e seu motivo para escolha. O projeto Terminal Literário existe há quase três anos e funciona nos sete terminais de ônibus de Fortaleza.
O diretor da Biblioteca Municipal Dolor Barreira, Eduardo Pereira, explica o por quê da escolha dos terminais. “Porque nos terminais transita pessoas de todos os lugares da cidade com todos os tipos de pensamentos possíveis”.
Os pontos de doação de livros, além dos terminais, são as regionais da Prefeitura, biblioteca Dolor Barreira e na sede da Secultfor.
Lucas Ramalho é leitor da biblioteca comunitária e participa diretamente desse ciclo de leitura. “A gente sabe que todo mundo tem um livro que tá criando uma teia de aranha. Por que não colocar uma oportunidade de ajudar a promover a cultura”.
Se você tem um livro em casa que possa doar, é só levar em algum ponto de coleta. A cada 15 dias as prateleiras da Biblioteca Comunitária recebem cerca de 100 livros, dos mais variados temas. Qualquer pessoa pode pegar gratuitamente e levar pra casa.
Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

QUALIDADE DA EDUCAÇÃO EM XEQUE

Em tempos de crise, ideias criativas fazem a literatura circular pelo Brasil

MinC habilita entidades que farão arrecadação no cinema

REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

Uma vida que se torna festa