Professor: condutor, mediador e harmonizador

Carlos Delano Rebouças*

Há quem questione o papel do professor em sala de aula no tratamento que dá sobre o tema política. Dizem que forma opinião, que influencia na formação política sob os moldes de seu pensamento, entre outros questionamentos.

O professor precisa tratar desse tema sim, mas que seja com muita responsabilidade. Deve orientar para que sejam ativos na discussão democrática do que signifique ser importante para a sociedade. Tratar com serenidade as opiniões contrárias, a fim de que se construam as mais sensatas, sustentadas por argumentos sólidos avalizados pela razão, e não pela emoção.

O professor tem o papel de condutor, mediador e harmonizador dentro de sala de aula. Sua postura, mesmo diante de uma opinião a qual entende não ser salutar para a sociedade, precisa ser equilibrada, com intervenções que pareçam bem mais politizadas que partidárias, pois só assim trabalhará para a construção de um ambiente adequado para a formação do cidadão.

*Professor de Língua Portuguesa e redação, conteudista, palestrante e facilitador de cursos e treinamentos, especialista em educação inclusiva e revisor de textos.

Comentários

Mais Visitadas

Físico brasileiro recebe Prêmio Templeton de 2019

Câmara homenageia mulheres que se destacaram na luta por direitos

José, servo bom e fiel

Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem 2019

Primeira edição da Semana de Arte Unifor abraça diversidade de linguagens e expressões