Pular para o conteúdo principal

UFC forma primeiro mestre em Ciência da Informação com deficiências múltiplas no N/NE

Com a dissertação intitulada “Audio games no processo de aprendizagem de deficientes visuais: uma análise sob a mediação da informação”, orientado pelo Prof. Luiz Tadeu Feitosa, o bibliotecário Igor Peixoto Torres Girão fez parte da primeira turma do mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) da Universidade Federal do Ceará, entre os semestres 2016.2 e 2018.2. Com múltiplas deficiências, o recém-mestre dá exemplo “de desconhecer a palavra limite e buscar sempre novos desafios, vencidos além das expectativas”, de acordo com professores e alunos do programa.
Ao tornar-se o primeiro mestre em Ciência da Informação com múltiplas deficiências do Norte e Nordeste do País, Igor foi homenageado com o troféu Waldo Pessoa, concedido pelo Instituto dos Cegos do Ceará às pessoas com deficiência visual que fazem a diferença na sociedade.
Outra conquista de Igor foi a aprovação, em 1º lugar entre os portadores de necessidades especiais, no concurso público para bibliotecário da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (SECULT). Ressalte-se que, mesmo na ampla concorrência, a colocação dele está dentro do número de vagas ofertadas, de maneira que assumiria o cargo ainda que não houvesse uma categoria específica.

Pesquisa

No âmbito da pesquisa de mestrado, Igor estudou as formas variadas de entendimento das informações e o processo de transformação de conteúdos em conhecimento pelos deficientes visuais, que, segundo ele, variaram de acordo com o tripé “cultura, grau da deficiência visual e ambiente”.
“Eu me matriculei numa instituição que oferece atendimento e educação para cegos, aproveitando minha deficiência visual para participar do dia a dia dos estudantes, através da etnografia e de conversas livres sobre o tema em questão”, conta o recém-mestre.
Ele esclarece que “os processos de estruturação mental foram testados e registrados por meio da ferramenta dos audio games, que mostrou como jogos educativos eram assimilados e como poderiam enriquecer a mediação da informação para deficientes visuais. Como valor agregado, foi gerada uma proposta de aplicação da ferramenta a metodologias de ensino baseadas no cotidiano prático dos alunos”.
Para Igor, o mais gratificante foi ver o resultado. “Minha pesquisa consegue ser exatamente o que eu queria; me fez crescer como pessoa, como pesquisador, e deu contribuição em várias facetas da cultura cega na academia”.
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil* O corpo do jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na próxima terça-feira (9), no Memorial do Carmo, segundo a Academia Brasileira de Letras (ABL), respeitando o desejo do imortal. Cony morreu ontem (6), aos 91 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos após dez dias de internação. Segundo a ABL, como a morte ocorreu em um fim de semana, procedimentos jurídicos e administrativos terão que ser resolvidos nesta segunda-feira (8). Após a cremação, suas cinzas devem ser lançadas em um local que remete a sua infância. Também a pedido do jornalista, seu corpo não foi velado na sede da academia. A amiga e também jornalista Rosa Canha disse que Cony desejava uma cerimônia íntima. "Ele não queria velório, não queria missas nem nenhum tipo de homenagens. Ele pediu muito que fosse uma cerimônia apenas para a família".  Saiba MaisTemer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926.…

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…