Pular para o conteúdo principal

UFC forma primeiro mestre em Ciência da Informação com deficiências múltiplas no N/NE

Com a dissertação intitulada “Audio games no processo de aprendizagem de deficientes visuais: uma análise sob a mediação da informação”, orientado pelo Prof. Luiz Tadeu Feitosa, o bibliotecário Igor Peixoto Torres Girão fez parte da primeira turma do mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) da Universidade Federal do Ceará, entre os semestres 2016.2 e 2018.2. Com múltiplas deficiências, o recém-mestre dá exemplo “de desconhecer a palavra limite e buscar sempre novos desafios, vencidos além das expectativas”, de acordo com professores e alunos do programa.
Ao tornar-se o primeiro mestre em Ciência da Informação com múltiplas deficiências do Norte e Nordeste do País, Igor foi homenageado com o troféu Waldo Pessoa, concedido pelo Instituto dos Cegos do Ceará às pessoas com deficiência visual que fazem a diferença na sociedade.
Outra conquista de Igor foi a aprovação, em 1º lugar entre os portadores de necessidades especiais, no concurso público para bibliotecário da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (SECULT). Ressalte-se que, mesmo na ampla concorrência, a colocação dele está dentro do número de vagas ofertadas, de maneira que assumiria o cargo ainda que não houvesse uma categoria específica.

Pesquisa

No âmbito da pesquisa de mestrado, Igor estudou as formas variadas de entendimento das informações e o processo de transformação de conteúdos em conhecimento pelos deficientes visuais, que, segundo ele, variaram de acordo com o tripé “cultura, grau da deficiência visual e ambiente”.
“Eu me matriculei numa instituição que oferece atendimento e educação para cegos, aproveitando minha deficiência visual para participar do dia a dia dos estudantes, através da etnografia e de conversas livres sobre o tema em questão”, conta o recém-mestre.
Ele esclarece que “os processos de estruturação mental foram testados e registrados por meio da ferramenta dos audio games, que mostrou como jogos educativos eram assimilados e como poderiam enriquecer a mediação da informação para deficientes visuais. Como valor agregado, foi gerada uma proposta de aplicação da ferramenta a metodologias de ensino baseadas no cotidiano prático dos alunos”.
Para Igor, o mais gratificante foi ver o resultado. “Minha pesquisa consegue ser exatamente o que eu queria; me fez crescer como pessoa, como pesquisador, e deu contribuição em várias facetas da cultura cega na academia”.
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08