A verdadeira estrela

Padre Geovane Saraiva*
Em Deus, vemos a História da humanidade toda permeada e marcada por seus desígnios e mistérios, no impossível, que se tornou possível, longe de toda e qualquer distinção de raça, cor, cultura, pobre ou rico. É o projeto do amor de Deus consumado numa única família, a família dos filhos de Deus, iluminada pelo clarão da verdadeira estrela, Nosso Senhor Jesus Cristo, manifestado no paradoxo do seu glorioso nascimento, igualmente nos magos, ao chegarem ao Menino Jesus guiados pela estrela.
Os anjos anunciam aos pastores o nascimento do Salvador da humanidade, ao mesmo tempo em que no Oriente, lugar bem distante e longínquo, surge uma estrela com a missão de comunicar aos magos o nascimento da verdadeira Estrela da humanidade. Somos convidados a perceber os sinais insondáveis de Deus no surgimento dessa estrela, revelação do projeto redentor do nosso bom Deus.
Os três magos, pedagogicamente, cumprem muito bem a missão recebida de Deus, desaparecendo depois do inaudito encontro com o menino Jesus, causando-lhes alívio e despreocupação. Quão profundo e misterioso é o encontro supramencionado, convencendo-nos da verdadeira estrela da humanidade naquela criança, perante a qual os magos se ajoelharam e a adoraram (cf. Lc 2, 9-11)! Desse mistério indescritível Dom Helder asseverou: “Obrigado, ó Pai! Vimos o vosso Filho, que se fez para sempre Homem-Deus. E a felicidade de ver que vosso Filho Divino nos ensina a amar o que não vemos. Obrigado, pela alegria de viver mergulhados em vós!”.
A luz da vida, que é o próprio Cristo Jesus, quer iluminar e aquecer os que andam na escuridão e na sombra da morte. A força transformadora, que se revelou há mais de dois mil anos em uma criança, quer se revelar como luz dos homens e das mulheres, de todo o mundo, indicando-nos seu caminho de justiça e paz. Que nossos corações mentes e olhos se voltem para o recém-nascido, na glória que manifestou ao mundo, querendo de nós uma única coisa: vencer a escuridão da vida, na bondade de Deus, guiados pela verdadeira estrela. Assim seja!
*Pároco de Santo Afonso, Jornalista, Blogueiro, Escritor e Colunista, integra a Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza – geovanesaraiva@gmail.com

Comentários

Mais Visitadas

Morre atriz Doris Day, a namoradinha da América

Reitoria da UECE apoia manifestações em defesa da educação brasileira e das universidades públicas

Maureen Bisilliat se reencontra com o seu sertão e o de Euclides da Cunha na Flip

Biblioteca Itinerante visita escolas e CMEIs com “Literatura e Cinema”

Paraty e Ilha Grande vão se tornar patrimônio da humanidade