Pular para o conteúdo principal

Festa Literária da Diversidade Sexual chega a Fortaleza em fevereiro; confira programação

Editoras e livrarias de todo o País estarão presentes na Festa Literária da Diversidade Sexual (FLIDS), que chega a Fortaleza nos dias 1º e 2 de fevereiro. Com acesso gratuito, o evento reunirá programação no Centro Cultural Belchior, na Praia de Iracema. 
 
No centro da programação estarão debates sobre diversidade sexual, identidade de gênero, direitos civis e a visibilidade cultural da comunidade LGBTQI+.  A agenda dos dois dias trará autores, obras, shows musicais e outras ações culturais integradas, trabalhando a temática da feira. 
 
A cantora Monique Kessous será uma das atrações da Festa Literária, levando seus sucessos à programação do primeiro dia. A carioca se apresenta às 20 horas. A cantora já lançou três discos: “Com Essa Cor” (2008), “Monique Kessous” (2010) e “Dentro de Mim Cabe O Mundo” (2016). 
Monique Kessous será uma das atrações do primeiro dia (Foto: Divulgação)
O escritor João Silvério Trevisan também estará na programação da Festa Literária da Diversidade Sexual. Autor de "Devassos no Paraíso", com edição ampliada e lançada recentemente, João fará sessão de autógrafos e encontro comandado pelo jornalista do O POVO, Émerson Maranhão.
 
Entre as editoras e livrarias estão: Appris Editora, Autêntica Editora, Brejeira Malagueta, Companhia das Letras, Datanet, Edições GLS (selo), EDUFBA, Livraria Arte & Ciência, Fortlivros, Livraria Lamarca, Metanoia Editora e PEL.
 
Confira programação completa:
Sexta-feira, 1º de fevereiro
9h - Abertura da feira de livros FLIDS Café Jah Jah
9h - Exposição: A Estética da Montação por Régis Amora
9h -12h - Estúdio de Escrita Criativa
Facilitador: Antônio Lacarne (CE)
10h - Bate-papo com Mário Fellipe (CE)
10h30 - Bate-papo com Patrick Alisson(PI)
11h - Lançamento do livro “Donatela” de Drikka Silva (SP)
11h30 – Bate-papo com Shaira Mana Josy (PA)
13h30 – Bate-papo com J.V. Leite (PE)
14h - Painel: A abordagem LGBT na literatura ficcional brasileira
Com: Gilmar de Carvalho (CE) e Roberto Muniz Dias (PI)
Mediação: Jo A-Mi (Unilab CE)
15h30 - Lançamento do livro “Ilca”
Apresentação: Gilmar de Carvalho (CE)
16h - Cassandra Rios Presente: Encontro com Hanna Korich (SP)
Exibição do documentário: Cassandra Rios, a Safo de Perdizes. Dir: Hanna Korich (62 min)
17h30h - Show Varandão com Lidiane Vaz
18h30 - Encontro com João Silvério Trevisa (SP) e sessão de autógrafos
Entrevistador: Émerson Maranhão (CE)
20h - Show Monique Kessous (RJ)
21h - Show Forró Drag (CE)
 
Sábado, 2 de fevereiro
9h – Abertura da feira de livros FLIDS Café Jah Jah
9h - Exposição: A Estética da Montação por Régis Amora
9h-12h - Estúdio de Escrita Criativa
Facilitador: Antônio Lacarne (CE)
10h - Bate-papo com Sahmaroni Rodrigues (CE)
10h30 – Bate-papo com Clarissa Carramilo (AM)
11h - Bate-papo com Fabiana Guimarães (CE)
11h30 - Bate-papo com Marisa Medeiros (CE)
13h30 - Bate-papo com Júnior Ratts (CE)
14h - Painel: O mercado editorial no Brasil e estratégias de crescimento na temática LGBT
Com: Hanna Korich (SP), Paula Curi (SP) e Mileide Flores (CE)
Mediação: Regina Ribeiro (CE)
15h30 - Intervenções - Transformismo na Praia
15h30 - Lançamento do livro “Uma questão de jeito” de Roberto Muniz Dias (PI)
Com: Émerson Maranhão (CE)
16h - Conferência: Azul, Rosa e Todas as Outras Cores do Arco-Íris e sessão de autógrafos
Com: Letícia Lanz (PR)
17h30 - Sarau da Diversidade – Restaurante Mar de Rosas
17h30 - Show Samba Delas
18h30 – Voz em Movimento: Leitura de Textos sobre a Temática LGBT
Com: Ricardo Guilherme (CE)
19h30 - Show Monique Pessoa (CE)
21h – Farra Flids: performances, transformismo, DJs e Grupo The Crazy.
 
Serviço
1ª Festa Literária da Diversidade Sexual
Quando: 1º e 2 de fevereiro, a partir das 9h
Onde: Centro Cultural Belchior (rua dos Pacajús, 123 - Praia de Iracema) 
Acesso gratuito
 
Redação O POVO online

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…