Pular para o conteúdo principal

'Marighella' é selecionado para o Festival de Cinema de Berlim

Filme de Wagner Moura com Seu Jorge vai estrear em um dos principais eventos de cinema do mundo.
Seu Jorge e Wagner Moura no set de 'Marighella'.
Seu Jorge e Wagner Moura no set de 'Marighella'. (Ariela Bueno/ Divulgação)

O filme Marighella, dirigido por Wagner Moura e com Seu Jorge no papel principal, foi selecionado para a mostra principal do Festival de Berlim 2019, que ocorre na capital alemã de 7 a 17 de fevereiro. A produção terá sua estreia mundial no evento e está fora da competição.
Produzida pela O2 filmes, a estreia de Wagner Moura atrás das câmeras conta a história do guerrilheiro que lutou contra a ditadura militar brasileira. Além de Seu Jorge, tem no elenco Adriana Esteves, Bruno Gagliasso, Jorge Paz, Luiz Carlos Vasconcelos e Humberto Carrão.
O filme é orçado em R$10 milhões e é inspirado no livro Marighella — O Guerrilheiro que Incendiou o Mundo, do jornalista Mário Magalhães, lançado originalmente em 2012 pela Companhia das Letras.
Militante comunista desde a juventude, deputado federal constituinte e fundador do maior grupo armado de oposição à ditadura militar, a Ação Libertadora Nacional, Marighella nasceu em Salvador em 1911, era também poeta e acabou virando letra de música de Caetano Veloso e dos Racionais MC's. Ele foi assassinado em 1969 numa ação comandada pela ditadura, em São Paulo.
Marighella deve chegar aos cinemas brasileiros no dia 18 de abril de 2019.
Outros 16 filmes também foram anunciados para premiere no Festival de Berlim, entre eles Elisa y Marcela, de Isabel Coixet e Varda par Agnès, de Agnès Varda.
Em dezembro, foi anunciado que o drama Greta, de Armando Praça, e o documentário Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar, de Marcelo Gomes, foram selecionados para a mostra Panorama do Festival.

Agência Estado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08