Pular para o conteúdo principal

TUDO SOB CONTROLE

Ano novo. Vida nova.
Para alguns.
Ataques a ônibus, delegacias de polícia, viadutos, agências bancárias, fotossensores, postos de gasolina. Pessoas feridas. Medo. Torpor.

Assim tem sido o Estado do Ceará sob o jugo de facções criminosas, cuja existência é negada pelas autoridades. 
Se compreendemos que algo não existe, não há porque combater. Se entendemos que um problema não existe, não há porque adotar qualquer medida no sentido de resolvê-lo. 
Pelo jeito, a despeito da ocorrência de idêntica situação em ocasiões anteriores, o Estado do Ceará continua negando a existência de facções criminosas. Imaginemos então se essas facções realmente existissem. O estrago seria bem maior.
A imagem pode conter: fogo e texto
Entra ano e sai ano, a ladainha é sempre a mesma: não existem facções criminosas no Ceará; serão instaladores bloqueadores de celulares dos presídios; os líderes das facções (que não existem) serão transferidos de presídios; os estabelecimentos penitenciários não serão divididos por facções (que não existem)...
“(...) reforcei minha determinação de continuar agindo com todo o rigor e dentro da lei para coibir as ações criminosas e estabelecer o total controle das unidades prisionais, conforme todo o planejamento que já vem sendo feito no Ceará (...)” declarou o Governador em suas redes sociais. 
E em uma entrevista, o Governador asseverou que: o Ceará tem todas as informações dos homicídios, se não tivesse o controle da situação, nem você (o repórter) estaria nem andando pelas ruas; o Ceará tem o total o controle das informações sobre os homicídios que ocorrem, por área, por hora, por região, por bairro...
Conforme se infere das declarações acima referidas, ao mesmo tempo em que há o total controle dos presídios pelo Estado, há o controle total da situação.
Criada a Secretaria de Administração Penitenciária no Ceará, o titular da pasta determinou fosse feita uma varredura em busca de celulares nas celas dos presídios, bem como pretende isolar as lideranças das facções (que não existem).
Novamente é feita a solicitação de reforço por parte de agentes da Força de Segurança Nacional e Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária.
Talvez nunca seja demais lembrar que crime organizado se combate com inteligência; com informação e contrainformação; com silêncio nas ações, sob pena de dar farta “munição” aos criminosos. 
Talvez seja chegada a hora de se falar menos e agir mais.
Mesmo que tudo esteja sob total controle.



Grecianny Carvalho Cordeiro
Promotora de Justiça

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08