Pular para o conteúdo principal

Vidança abre matrículas para 18 cursos gratuitos

A Associação Cia. Vidança está com inscrições abertas para cursos gratuitos em diversas linguagens artísticas. Ao todo são 18 cursos: Dança Clássica; Dança Contemporânea; Dança Funcional; Danças Dramáticas; Hip Hop; Capoeira; Karatê; Corte e Costura; Arte Viso-Manuais; Mediação de Leitura; Contação de Histórias; Percussão; Violão; Flauta; Ètica e Cidadania; Ritmo; Criação Coreográfica; Construção de Instrumentos.
As aulas no Vidança vão além da aquisição de habilidades técnicas, as habilidades humanas também são aprimoradas, juntamente com o desenvolvimento coletivo e individual da potencialidade dos alunos. A arte é usada como prática de ensino para a construção do conhecimento de mundo, como instrumento de socialização e para a formação de cidadãos participativos. ­­­­
Para fazer a inscrição, é preciso ter a cima de sete anos, estar acompanhado dos pais ou responsável e matriculado em uma escola pública. Para o curso de corte e costura a idade mínima é de 14 anos.
É preciso apresentar Xerox da Certidão de Nascimento (do aluno); Xerox do RG, CPF, Carteira de Trabalho e Título de Eleitor (mãe, pai ou responsável); Xerox do comprovante de residência atualizado; Declaração escolar: boletim escolar e/ou histórico escolar; 02 fotos 3×4.
A inscrição é presencial e deve ser feita na sede da instituição, que fica localizada no bairro Vila Velha, Avenida L, número 402 (esquina com a Rua Dr. Quixadá Felício), em horário comercial.

Conheça o Vidança

A Cia. Vidança existe há 37 anos, e é fruto dos esforços da coreógrafa e professora Anália Timbó, que cresceu na Barra do Ceará e criou o primeiro grupo de dança do Ceará, em 1980. Formada em dança pelo SESI, a bailarina percebeu a arte como fator de reflexão e mudança social e é isso que transmite aos mais de 200 alunos que a Associação atende por mês.
A preparação que é oferecida na Vidança, vai além da técnica dos movimentos. O ensino é interdisciplinar, os alunos aprendem a dançar, mas também confeccionam a indumentária e os instrumentos. “Preparamos os meninos para a vida” Afirma Anália, que já se apresentou em Nova Iorque e tem o trabalho social reconhecido internacionalmente.
A Vidança é um organismo vivo, aqui nós ensinamos, mas também aprendemos muito, é uma troca” diz Elisilene, que foi aluna da Cia. e agora é professora.
Casos como esse não são raros por lá, muitas crianças hoje dançam em grandes companhias pelo mundo ou se tornaram professores, são seres multiplicadores de arte.
As aulas da Vidança são realizadas por meio do apoio da ENEL Distribuição, através do X Edital Mecenas do Ceará; I Edital de apoio a projetos de Cultura Infância e I Edital – Escolas Livres de formação artística e cultural, por meio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (SECULT – CE); Edital Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), através do CEDCA e CEGÁS e Criança Esperança.
Serviço
Inscrições abertas para 18 cursos de linguagens artísticas da Cia. Vidança
Gratuito
Vidança: Avenida L, número 402 (esquina com a Rua Dr. Quixadá Felício) Vila Velha.
Telefone: (85) 3262.7599 | (85) 98965.8056 | (85) 99985.3687
Site: www.vidanca.org.br
Facebook: fb.com/ciavidanca
Instagram: @ciavidanca
E-mail: vidanca@vidanca.org

Boa Notícia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil* O corpo do jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na próxima terça-feira (9), no Memorial do Carmo, segundo a Academia Brasileira de Letras (ABL), respeitando o desejo do imortal. Cony morreu ontem (6), aos 91 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos após dez dias de internação. Segundo a ABL, como a morte ocorreu em um fim de semana, procedimentos jurídicos e administrativos terão que ser resolvidos nesta segunda-feira (8). Após a cremação, suas cinzas devem ser lançadas em um local que remete a sua infância. Também a pedido do jornalista, seu corpo não foi velado na sede da academia. A amiga e também jornalista Rosa Canha disse que Cony desejava uma cerimônia íntima. "Ele não queria velório, não queria missas nem nenhum tipo de homenagens. Ele pediu muito que fosse uma cerimônia apenas para a família".  Saiba MaisTemer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926.…

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…