Pular para o conteúdo principal

30 filmes sobre livros, escritores, editoras e livrarias

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S. Paulo
Silver Reel
cinema sempre gostou de personagens escritores - reais e ficcionais. E tem feito bons filmes sobre os bastidores do mundo dos livros: o processo criativo e de escrita, o trabalho de uma editora, o dia a dia dentro de uma livraria, o impacto da literatura na vida de leitores e por aí vai.
Às vésperas do Oscar, que em 2019 tem Glenn Close concorrendo na categoria melhor atriz por seu papel em A Esposa, em que ela é casada com um escritor que vence o Nobel, e Melissa McCarthy como uma escritora com bloqueio criativo que acaba procurada pelo FBI em Poderia me Perdoar?, selecionamos 30 filmes para quem gosta de literatura - filmes sobre livros, escritores, editoras, livrarias e leitores.

​30 filmes sobre livros

A Esposa, Björn Ronge (2019)
Joan Castleman (Glenn Close) abriu mão de seu talento literário para seu marido poder brilhar em A Esposa. Ao saber que ele seria premiado com o Nobel de Literatura, ela entra em crise e decide abandoná-lo depois de 40 anos juntos. O filme mostra os bastidores da mais prestigiada premiação do mundo dos livros, na Academia Sueca, e os bastidores da vida do casal. 

​Poderia me Perdoar?, Marielle Heller (2018)

Baseado em fatos reais, Poderia me Perdoar? se passa na década de 1990 e conta a história da escritora Lee Israel (Melissa McCarthy). Sem conseguir se adaptar às mudanças do mercado editorial, sofrendo um bloqueio criativo e sem dinheiro para pagar o aluguel, ela encontra uma carta da comediante Fanny Brice, personagem da biografia que tenta escrever, e percebe o interesse de sebos e colecionadores por esse tipo de raridade. Decide, então, forjar mensagens e bilhetes escritos por nomes famosos.

Meia-noite em Paris, Woody Allen (2011)

Gil (Owen Wilson) é um roteirista americano que gostaria de ser um grande escritor. Durante uma viagem a Paris com a noiva e a família dela, ele sai sozinho para alguns passeios noturnos e, quando o relógio bate meia-noite, ele é transportado para a Paris dos anos 1920, onde conhece alguns dos escritores e artistas que inveja: F. Scott Fitzgerald, Gertrude Stein, Ernest Hemingway, Salvador Dali, entre outros. Esse é o enredo de Meia-noite em Paris.

O Escritor Fantasma, Roman Polanski (2010)

Em O Escritor Fantasma, Adam Lang (Pierce Brosnan) é um ex-primeiro ministro britânico que vive em semi-exílio numa ilha do Maine, nos Estados Unidos. Duramente criticado por ter autorizado a prisão e tortura de suspeitos de terrorismo, Lang trabalha em sua autobiografia, pela qual recebeu US$ 10 milhões antes mesmo de começar a escrever. Quando McCrea, velho amigo de Lang e autor do livro, morre, a editora logo contrata um substituto (Ewan McGregor). Ghost writer do livro, ele vai entrevistar o político e concluir o manuscrito - mas em meio a acusações e suspeitas de que McCrea foi assassinado, o escritor passa a temer por sua própria vida.

As Horas, Stephen Daldry (2002)

As Horas conta a história de como o romance Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf, repercute na vida de três mulheres de gerações diferentes que, de um jeito ou de outro, têm de lidar com o tema do suicídio em suas vidas. São elas: Clarissa Vaughan (Maryl Streep), uma americana às voltas com uma recepção para um amigo portador do vírus da Aids; Laura Brown (Julianne Moore), uma grávida, nos anos 1950, com um filho pequeno e um casamento infeliz; e a própria Virginia Woolf (Nicole Kidman), que, nos anos 1920, enfrenta uma depressão enquanto tenta terminar seu romance.

​O Carteiro e o Poeta, Michael Radford (1994)

Por razões políticas o poeta Pablo Neruda (Philippe Noiret) se exila em uma ilha na Itália. Lá, um desempregado (Massimo Troisi) quase analfabeto é contratado como carteiro extra, encarregado de cuidar da correspondência do poeta. Os dois iniciam uma grande amizade, que é contada em O Carteiro e o Poeta, adaptação do livro do escritor chileno Antonio Skármeta.

​Encontrando Forrester, Gus Van Sant (2000)

Jamal Wallace (Robert Brown) é um adolescente que ganha uma bolsa de estudos em uma escola de elite de Manhattan pelo seu desempenho nos testes e na quadra de basquete. Após uma aposta com seus amigos, ele conhece ele conhece William Forrester (Sean Connery), um talentoso e recluso escritor com quem desenvolve uma profunda amizade. Percebendo talento para a escrita em Jamal, Forrester procura incentivá-lo para seguir este caminho. Essa é a história narrada em Encontrando Forrester.

​Minhas Tardes com Margueritte, Jean Becker (2010)

Baseado no livro de Marie-Sabine, Minhas Tardes com Margueritte retrata um encontro improvável entre Germain (Gérard Depardieu), um cinquentão quase analfabeto, e Margueritte (Gisèle Casadesus), uma senhora apaixonada por livros. Ele senta ao lado dela no parque e ela recita versos em voz alta, dando a ele a chance de descobrir a magia dos livros, que nunca fizeram parte da vida dele. Mas ela está perdendo a visão.

​Os Belos Dias de Aranjuez, Wim Wenders (2017)

Os Belos Dias de Aranjuez se passa no verão, na cidade espanhola do título, e apresenta um escritor que começa a usar sua máquina de escrever para contar uma história passada num terraço. Um homem e uma mulher conversam. Eles revelam intimidades e discutem conflitos morais, familiares e sexuais. 

Providence, Alain Resnais (1977)

Obra-prima de Resnais, Providence retrata um escritor Clive Langham (John Gielgud) que, prestes a  perder a batalha para um câncer, reúne seus familiares enquanto luta, também, para terminar seu derradeiro romance. Vemos no filme a evolução da estrutura literária desse romance, em que Clive usa como modelo sua família, transformando de modo perverso a personalidade dos filhos.

​Desconstruindo Harry, Woody Allen (1998)

Em Desconstruindo Harry, Harry Block (Woody Allen) é um escritor que usa suas experiências amorosas como inspiração para livros e contos, o que não agrada nem um pouco as pessoas ligadas a ele. Convidado para uma homenagem que será feita pela faculdade de onde foi expulso quando jovem, ele se vê sem companhia. Após acompanhar um amigo, Richard (Bob Balaban), em um exame médico, ele aceita viajar com ele como retribuição. Harry convida ainda Cookie (Hazelle Goodman), uma prostituta negra com quem tem um programa na noite anterior da viagem. Prestes a partir, Harry tem a ideia de sequestrar seu filho para que ele possa ver o pai sendo homenageado, mesmo com a mãe dele, Joan (Kirstie Alley), tendo proibido sua viagem.

​Shakespeare Apaixonado, John Madden (1999)

O jovem astro do teatro londrino William Shakespeare (Joseph Fiennes) sofre de bloqueio criativo e não consegue escrever sua peça. Um dia, ele conhece Viola De Lesseps (Gwyneth Paltrow), uma jovem que sonha em atuar, algo proibitivo no final do século 16. Para burlar o preconceito e ter sua chance, Viola se disfarça de homem e começa a ensaiar o texto de Will, que começou a fluir e passou a dar vazão ao amor entre os dois. O que eles não contavam era com o casamento arranjado pela família entre Viola e Lorde Wessex (Colin Firth). Essa é a história de Shakespeare Apaixonado.

​Louca Obsessão, Rob Reiner (1990)

Em Louca Obsessão, o famoso escritor Paul Sheldon (James Caan) sofre um acidente de carro e é socorrido pela enfermeira Annie (Kathy Bates), que afirma ser sua fã número um. Ela o leva para sua isolada casa e cuida de sua saúde, mas um dia acaba tendo acesso aos originais do próximo livro do escritor e descobre que sua personagem predileta será morta. Essa revelação faz com que sua personalidade doentia se revele e Sheldon se vê à mercê das loucuras da admiradora.

​Mais Estranho Que a Ficção, Marc Forster (2007)

Em Mais Estranho Que a Ficção, Harold Crick (Will Ferrell), um funcionário da Receita Federal, passa a ouvir seus pensamentos como se fossem narrados por uma voz feminina. A voz narra não apenas suas ideias, mas também seus sentimentos e atos com grande precisão. Apenas Harold consegue ouvir esta voz. O incômodo aumenta ainda mais quando descobre pela voz que está prestes a morrer, o que o faz desesperadamente tentar descobrir quem está falando em sua cabeça e como impedir sua própria morte. Enquanto isso, a narradora luta para completar o que pode ser seu melhor livro.

O Mestre dos Gênios, Michael Grandage (2016)

O Mestre dos Gênios conta a história do editor Max Perkins (Colin Firth), que trabalhou na editora Scribner com alguns dos maiores gênios da literatura, como Ernest Hemingway (Dominic West), F. Scott Fitzgerald (Guy Pearce) e Thomas Wolfe (Jude Law). 

​A Garota do Livro, Marya Cohn (2016)

Em A Garota do Livro, Alice Harvey (Emily VanCamp), de 28 anos, é assistente editorial, mas sonha em ser escritora. Filha de um poderoso agente literário de Nova York, ela vai ser obrigada a enfrentar dolorosos acontecimentos de seu passado ao ser convidada para trabalhar no lançamento de um livro de Milan Daneker (Michael Nyqvist), um antigo cliente de seu pai que se aproximou dela no início da adolescência dela com a desculpa de orientar seus escritos e que deixou marcas profundas e traumáticas na garota.

​A Proposta, Anne Fletcher (2009)

Na comédia romântica com cara de Sessão da Tarde A Proposta, Margaret Tate (Sandra Bullock) é uma poderosa editora de livros, que se vê em apuros ao ser comunicada de sua deportação para o país-natal, o Canadá. Para evitar que isto ocorra ela declara estar noiva de Andrew Paxton (Ryan Reynolds), seu assistente. Perseguido por Margaret há anos, ele aceita participar da farsa, mas impõe algumas condições.

​As Palavras, Brian Klugman e Lee Sternthal (2012)

Rory Jansen (Bradley Cooper) trabalha em uma editora de livros. Ele sonha em publicar seu próprio livro, mas a cada nova tentativa se convence mais de que não é capaz de escrever algo realmente bom. Um dia, em uma pequena loja de antiguidades, ele encontra uma pasta com várias folhas amareladas. Rory começa a ler e logo não consegue tirar a história da cabeça. Logo ele resolve transcrevê-la para o computador, palavra por palavra, e a apresenta como se fosse seu livro. O texto é publicado e Rory se torna um sucesso de vendas. Mas tudo muda quando ele conhece um senhor (Jeremy Irons) que lhe conta a verdade por trás do texto encontrado.

Nunca Te Vi, Sempre Te Amei, David Hugh Jones (1987)

Nunca Te Vi, Sempre Te Amei conta a história de Helene Hanff (Anne Bancroft), uma escritora americana, que por 20 anos se corresponde com Frank Doel (Anthony Hopkins), o gerente de uma livraria especializada em edições raras e esgotadas. Tudo começou pelo fato de Helene adorar livros raros, que não se encontravam em Nova York. Só que ela não poderia imaginar que uma carta para uma pequena livraria em Londres, que negocia livros de segunda mão, a levaria a iniciar um correspondência afetuosa com Frank.

Mensagem Para Você, Nora Ephron (1999)

Mensagem Para Você é um clássico das comédias românticas e retrato ainda atual da briga das pequenas e grandes livrarias. Kathleen (Meg Ryan), dona de livraria independente, inicia conversa na internet com um desconhecido (Tom Hanks). De repente, a vida dela é abalada com a chegada de uma enorme livraria, que pode acabar com o negócio que sua família toca há 42 anos, e começa a implicar com o executivo. Ela só não suspeita que ele seja a pessoa por quem ela acaba se apaixonando na troca de e-mails.

​Um Lugar Chamado Notting Hill, Roger Mitchell (1999)

Um Lugar Chamado Notting Hill, outro clássico da comédia romântica. Will (Hugh Grant), dono de livraria especializada em livros de viagem localizada em Notting Hill, em Londres, recebe a inesperada visita de uma atriz americana famosa, Anna Scott (Julia Roberts), e eles se apaixonam.

​A Livraria, Isabel Coixet (2018)

No final da década de 50, uma mulher (Emily Mortimer) recém-chegada em uma pacata cidade do litoral da Inglaterra decide abrir uma livraria. Sua iniciativa é vista com maus olhos pela conservadora comunidade local, que passa a se opor tanto a ela quanto ao seu negócio, obrigando-a lutar por seu estabelecimento. A Livraria é baseado no livro homônimo de Penelope Fitzgerald.

O Clube de Leitura de Jane Austen, Robin Swicord (2007)

Baseado no livro de Karen Joy Fowler, O Clube de Leitura de Jane Austen acompanha a história de Bernadette (Kathy Baker), que foi casada 6 vezes e hoje vive sozinha, que sugere a criação do clube do livro Sempre Austen o Tempo Todo, dedicado aos livros da escritora Jane Austen, alegando que ela é perfeita para curar os males do mundo. Jocelyn, Allegra, Prudie, Sylvia e Grigg aceitam fazer parte dele e reúnem mensalmente para discutir uma obra da escritora inglesa. Com o tempo eles se abrem sobre suas vidas, percebendo as mudanças neles ocorridas.

​A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata, Mike Newell (2018)

Em A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata, Juliet Ashton (Lily James) é uma escritora na Londres de 1946 que decide visitar Guernsey, uma das Ilhas do Canal invadidas pela Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, depois que ela recebe uma carta de um fazendeiro contando sobre como um clube do livro local foi fundado durante a guerra. Lá ela constrói profundos relacionamentos com os moradores da ilha e decide escrever um livro sobre as experiências deles na guerra. 

Além das Palavras, Terence Davies (2016)

Além das Palavras conta a história da poeta americana Emily Dickinson (Cynthia Nixon). Na infância, nos anos 1800, ela cresceu numa família rica. Seu interesse pelas palavras e o cotidiano a faz começar escrever poemas. Mas ela sempre é muito solitária.

Sylvia - Paixão Além de Palavras, Christine Jeffs (2003) 

A história de Sylvia Plath (Gwyneth Paltrow), uma das mais principais escritoras americanas, é contada em Sylvia - Paixão Além de Palavras. Nascida em Boston durante a Grande Depressão, Sylvia ainda jovem tentou cometer suicídio, na casa de sua mãe. Ela viaja à Inglaterra para estudar em Cambridge e lá conhece o jovem poeta Ted Hughes (Daniel Craig), por quem se apaixona e vive um longo romance.

​Capote, Bennett Miller (2006)

Em novembro de 1959, Truman Capote (Philip Seymour Hoffman) lê um artigo sobre o assassinato de quatro integrantes de uma conhecida família de fazendeiros no Kansas. O assunto chama sua atenção já que ele acredita ser esta a oportunidade perfeita de provar que, nas mãos do escritor certo, histórias de não ficção podem ser tão emocionantes quanto as de ficção. Acompanhado pela escritora Harper Lee (Catherine Keener), sua amiga de infância, ele viaja até lá e surpreende a sociedade local com sua voz infantil, seus maneirismos femininos e roupas não convencionais. A história é contada em Capote.

Miss Potter, Chris Noonan (2006)

A britânica Beatrix Potter (Renée Zellweger) se tornou um verdadeiro fenômeno da literatura no início do século 20 ao criar um dos personagens mais queridos da literatura infantil, Peter Rabbit, o Pedro Coelho. Miss Potter conta sua história e as dificuldades do início da carreira. 

​Cora Coralina - Todas as Vidas, Renato Barbieri (2017)

Cora Coralina - Todas as Vidas resgata a história da poeta e doceira Cora Coralina, revelada já idosa e que viveu até os 95 anos. Não se trata de uma cinebiografia tradicional tentando dar conta de uma rica história de vida. É um docfic em que vemos atrizes no papel de Cora, mas não numa narrativa linear ou cronológica. São elas Walderez de Barros, Teresa Seiblitz, Camila Márdila, Maju Souza e Camila de Queiroga. O filme é permeado por poemas e por infomações e imagens documentais.

​Mary Shelley, Haifaa Al Mansour (2018)
É a história da juventude de Mary Shelley, autora do clássico Frankenstein, contada a partir de seu romance com o poeta Percy Shelley.

Em Busca da Terra do Nunca, Marc Forster (2004)
J.M. Barrie (Johnny Depp) é um bem-sucedido autor de peças teatrais, que, apesar da fama, enfrenta problemas com seu trabalho mais recente, que não foi bem recebido pelo público. No filme Em Busca da Terra do Nunca, Barrie reencontra a inspiração ao fazer sua caminhada diária pelos jardins Kensington, em Londres. É lá que ele conhece a família Davies, formada pela viúva Sylvia (Kate Winslet) e seus quatro filhos. Da convivência com as crianças, o escritor cria seu personagem de maior sucesso: Peter Pan.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08