Pular para o conteúdo principal

“A Paixão de Cristo”: segunda parte, “A Ressurreição”, pode estrear ainda em 2019

Ansiada sequência mostrará os 3 dias de angústia dos apóstolos antes da Ressurreição, bem como os tenebrosos bastidores do poder que condenou Jesus

O astro Jim Caviezel, intérprete de Jesus Cristo no aclamado filme “A Paixão de Cristo”, de 2004, informou ainda no ano passado, em entrevista ao popular jornal USA Today, que a produção do diretor Mel Gibson contaria em breve com uma sequência.
Agora, já começam a surgir notícias de que a “A Paixão de Cristo: A Ressurreição” chegará aos cinemas até no máximo a Semana Santa de 2020 – ou talvez ainda no final de 2019.

A história

Segundo Jim Caviezel, a sequência começaria exatamente onde o primeiro filme terminou: no sepultamento de Jesus. A partir daí, a história seguirá detalhadamente os três dias de angústia vividos pelos apóstolos à espera da Ressurreição do Senhor.
Além da excruciante experiência de fé e provação dos apóstolos e de Maria durante o tríduo sacro, estarão em foco no roteiro de “A Paixão de Cristo: A Ressurreição” também as tormentosas ânsias de poder de vários envolvidos diretos na crucificação de Cristo, como o governador romano da Judeia, Pôncio Pilatos, o sanguinário rei Herodes, o sumo sacerdote judaico Caifás e o discípulo traidor Judas Iscariotes.
Brock Miller / Splash News/EAST NEWS / Collection Christophel / RnB/EAST NEWS
Mel Gibson, aliás, já tinha antecipado:
“O filme não será apenas a narração de um evento extraordinário como a Ressurreição de Cristo, mas também de todos os eventos que o cercam e que evidenciam ainda mais o seu significado”.

A produção

Com orçamento de 20 milhões de dólares e filmado em Israel, Marrocos e locações europeias, o novo filme tem praticamente a mesma equipe do primeiro, com Mel Gibson na direção e com o elenco central formado por Jim Caviezel (Jesus), Maia Morgenstern (Maria), Christo Jivkov (João) e Francesco De Vito (Pedro).
© ICON PRODUCTIONS / COLLECTION CHRISTOPHEL / AFP
Após uma primeira versão escrita por Dan Gordan, roteirista de “O Condenado de Alcatraz“, a história do filme foi assumida e modificado por Randall Wallace, que assinou o roteiro de “Coração Valente“, o épico no qual o próprio Mel Gibson atuou tanto como ator protagonista quanto como diretor.
No ano passado, Jim Caviezel interpretou São Lucas, um dos protagonistas do também ansiado filme “Paulo, Apóstolo de Cristo“.
Aleteia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08