Esplanada da vida

Por 
Partir de um elevado sítio a descoberto de onde se tem boa perspectiva. Assim divisamos da esplanada da vida que o Seridião Correia Montenegro usou para escrever primoroso livro comemorando o centenário de Hilma Montenegro. A saudade da presença de sua inesquecível mãe traz o escrito de Seridião em linguagem de verdadeira poesia ou ode de amor àquela que lhe deu vida e o fez crescer no caminho do bem. Dona Hilma repercute em livro o seu esplendor de uma existência altamente produtiva, na divina arte de ser humana nos seus ideários.
Seridião, como filho, conseguiu descrever Hilma Montenegro na grandeza da sua simplicidade tão relevante. Amor de filho numa tradução das verdades de uma vida proba. Leitura de um livro que deixa saudoso até o leitor distante dos laços familiares da descrição em cores do escritor-filho. Seridião, comovido, entrega seu novo livro com a moldura de um sorriso de enleio, de agradecimento a Deus por ter consentido nessa filiação ricamente inesquecível.

Homenagem no “centenário permanente” de Dona Hilma Montenegro sendo lembrada por todos que a conheceram como a heroína da história do Seridião Montenegro. O carinho do Seridião ao apresentar seu novo livro nos faz perceber que o vínculo família é tão forte quanto a palavra amor. Literatura, arte e amor numa conjunção de harmonia em primoroso livro de paz. Um tento a mais do escritor Seridião Correia Montenegro que brinca com as letras, nesse caminhar sempre o credenciando a um crescimento natural pelo talento. “Hilma Montenegro – na Esplanada da Vida” é um livro produzido por alma pura e límpida de amor filial.

Comentários

Mais Visitadas

Cyberbullying: sofrimento causado através da tela

José, servo bom e fiel

STJ proíbe cobrança de taxa de conveniência na venda de ingressos pela internet

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Bullycídio e as previsões no ordenamento jurídico