Pular para o conteúdo principal

Esplanada da vida

Por 
Partir de um elevado sítio a descoberto de onde se tem boa perspectiva. Assim divisamos da esplanada da vida que o Seridião Correia Montenegro usou para escrever primoroso livro comemorando o centenário de Hilma Montenegro. A saudade da presença de sua inesquecível mãe traz o escrito de Seridião em linguagem de verdadeira poesia ou ode de amor àquela que lhe deu vida e o fez crescer no caminho do bem. Dona Hilma repercute em livro o seu esplendor de uma existência altamente produtiva, na divina arte de ser humana nos seus ideários.
Seridião, como filho, conseguiu descrever Hilma Montenegro na grandeza da sua simplicidade tão relevante. Amor de filho numa tradução das verdades de uma vida proba. Leitura de um livro que deixa saudoso até o leitor distante dos laços familiares da descrição em cores do escritor-filho. Seridião, comovido, entrega seu novo livro com a moldura de um sorriso de enleio, de agradecimento a Deus por ter consentido nessa filiação ricamente inesquecível.

Homenagem no “centenário permanente” de Dona Hilma Montenegro sendo lembrada por todos que a conheceram como a heroína da história do Seridião Montenegro. O carinho do Seridião ao apresentar seu novo livro nos faz perceber que o vínculo família é tão forte quanto a palavra amor. Literatura, arte e amor numa conjunção de harmonia em primoroso livro de paz. Um tento a mais do escritor Seridião Correia Montenegro que brinca com as letras, nesse caminhar sempre o credenciando a um crescimento natural pelo talento. “Hilma Montenegro – na Esplanada da Vida” é um livro produzido por alma pura e límpida de amor filial.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08