Livro marca comemorações pelos 470 anos da Santa Casa da Bahia

O livro conta a participação da Santa Casa no processo de formação da sociedade soteropolitana (Foto: Divulgação)
O livro conta a participação da Santa Casa no processo de formação da sociedade soteropolitana (Foto: Divulgação)
Em comemoração pelos 470 anos da Santa Casa da Bahia, será lançado nesta quarta-feira, 20, às 18h, no Museu da Misericórdia, situado no Cento Histórico de Salvador, o livro “Uma História da Santa Casa da Bahia – 1549-2019”, escrito pelo jornalista e pesquisador Nelson Cadena. O acesso ao evento será apenas para convidados.
O lançamento do livro estará acompanhado da abertura de uma exposição fotográfica, batizada com o mesmo nome do livro e que seguirá em cartaz até o dia 31 de março. Serão 52 fotos que ilustram a obra, com imagens que compõem o acervo da Santa Casa, da Fundação Gregório de Mattos, do Museu Tempostal e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
A obra traz a trajetória de solidariedade e prestação de serviços da Santa Casa de Misericórdia da Bahia. Cadena narra fatos históricos em 340 páginas, divididas em 14 capítulos. Ele aborda a participação da instituição no processo de formação da sociedade soteropolitana e seus principais feitos através dos séculos, até os dias atuais. Sete fotos de Pierre Verger também estão presentes ilustrando a publicação.
O jornalista apresenta curiosidades, como fatos inéditos sobre as crianças abandonadas na Roda dos Expostos e práticas médicas do Hospital da Caridade, primeira unidade de saúde do Estado.  Além disso, ele descreve pela primeira vez a visita de D. Pedro II à Santa Casa, a partir de informações levantadas no diário do próprio imperador, e apresenta a relação completa dos Irmãos da Santa Casa da Bahia ao longo de 470 anos, por meio de um arquivo em QR Code.
A obra também aborda personalidades históricas que trabalharam como funcionários da Santa Casa, como Amélia Rodrigues, Juliano Moreira, Ruy Barbosa e Aristides Maltez.  O livro estará à venda para o público a partir do próximo dia 21, no Museu da Misericórdia.
A Tarde UOL

Comentários

Mais Visitadas

Cyberbullying: sofrimento causado através da tela

José, servo bom e fiel

STJ proíbe cobrança de taxa de conveniência na venda de ingressos pela internet

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Bullycídio e as previsões no ordenamento jurídico