Com enredo citando cearense Dragão do Mar, Mangueira é campeã do Carnaval no Rio

Mangueira vence pela 20ª vez Carnaval no Rio. (foto: AFP / Mauro Pimentel)
Mangueira vence pela 20ª vez Carnaval no Rio. (foto: AFP / Mauro Pimentel)

Entre os heróis abordados pela escola, estava Chico da Matilde, o Dragão do Mar, que lutou para impedir o embarque de escravo no Estado e contribuiu para a abolição da escravidão na região

Estação Primeira de Mangueira foi, pela 20ª vez, a campeã do Carnaval no Rio de Janeiro. Com o enredo "História para ninar gente grande", a escola deu uma aula de história na Sapucaí, dando destaque a heróis da resistência negra e indígena.
Entre os heróis abordados pela escola, estava Chico da Matilde, o Dragão do Mar, que lutou para impedir o embarque de escravo no Estado e contribuiu para a abolição da escravidão na região.
O samba da Mangueira também citou Marielle Franco, vereadora do PSOL assassinada a tiros no ano passado. A viúva de Marielle, o deputado federal Marcelo Freixo e o vereador Tarcísio Mottado do PSOL participaram do desfile.
A escola havia vencido também o prêmio Estandarte de Ouro do Carnaval 2019, do jornal O Globo. Além de ter sido escolhida como a melhor escola, a Mangueira também foi eleita como a dona do melhor samba-enredo e melhor porta-bandeira.
REDAÇÃO O POVO ONLINE

Comentários

Mais Visitadas

Cyberbullying: sofrimento causado através da tela

José, servo bom e fiel

STJ proíbe cobrança de taxa de conveniência na venda de ingressos pela internet

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Bullycídio e as previsões no ordenamento jurídico