Pular para o conteúdo principal

Museu da Boneca de Pano preserva cultura popular através de brinquedo tradicional

O espaço, fundado em 2013 no bairro Planalto Pici, em Fortaleza, trabalha com palestras, oficinas de bonecas e mamulengos e também percussão

O Ceará tem 163 museus. Você, com certeza, já conhece os museus temáticos, como o da cachaça, o do automóvel e o da fotografia, mas e o Museu da Boneca de Pano, já ouviu falar? Esse equipamento funciona no bairro Planalto Pici, em Fortaleza. O intuito é preservar a cultura popular através desse tipo de brinquedo.
Segundo a diretora do museu, Liduina Rodrigues, desde 2013 o museu trabalha com a missão de preservar a boneca de pano como patrimônio histórico, além de se usar de atividades lúdicas, artísticas e culturais.
“A gente mantem o museu com recursos próprios, não tem auxílio governamental, e instiga preservar a cultura popular no mote da boneca de pano”, disse a responsável.
Atualmente o espaço trabalha com palestras, oficinas de bonecas e mamulengos e também percussão. Duas peças que chamam atenção no local são os bonecos Severino e Severina, os dois com 4 metros de altura, que ficam na entrada do museu.
“É uma cultura que não é vista como deveria ser, porque a cultura popular é nossa raiz. Nós estamos aqui na periferia resistindo”, disse a diretora do museu, Liduína Rodrigues.
No espaço, crianças com deficiência também estão representadas: uma coleção, confeccionada nas diversas oficinas, traz bonecos com alguma deficiência motora.
Serviço
Rua Deputado Joel Marques, 110, Planalto Pici.

Tribuna do Ceará

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/