Salvador celebra a língua portuguesa com a literatura e a música de três continentes

Primeira edição do Festival da Língua Portuguesa começa nesta quinta (28) e vai até sábado


Naief Haddad
SÃO PAULO
Autores como Gregório de Matos, Rui Barbosa, Luís Gama e Gilberto Gil nasceram em Salvador. Castro Alves, Jorge Amado e João Ubaldo Ribeiro vieram de outras cidades baianas, mas passaram boa parte da carreira na capital baiana.
Natural, portanto, que Salvador celebre o idioma tão bem cuidado por esses poetas, romancistas e jornalistas. Começa nesta quinta (28) a primeira edição do Festival da Língua Portuguesa, o Felpo. 
Parte das comemorações dos 470 anos da capital baiana, o Felpo vai até sábado (30).

Daniela Mercury, que se apresenta no Farol da Barra na sexta (29) - Robson Ventura/Folhapress
“Tentamos abarcar as latitudes da língua não apenas do ponto de vista geográfico. Também vamos abordar o idioma por meio da música, literatura, gastronomia”, diz o jornalista português Ricardo Oliveira, organizador do Felpo.
O único evento restrito a convidados é a Festa dos Sabores, um jantar nesta quinta (28) no restaurante Casa de Tereza, com pratos brasileiros, portugueses e angolanos. 
Na sexta (29), canções de três continentes vão tomar o Farol da Barra. Um show gratuito a partir das 19h terá a música baiana de DanielaMercury, Saulo, entre outros. Haverá ainda o fado contemporâneo dos portugueses Ana Moura e António Zambujo e o semba (música tradicional de Angola) de Paulo Flores.
Ao longo do sábado (30), o festival promoverá uma troca de livros na praça da Mariquita, no Rio Vermelho. Neste local, às 15h30, começa bate-papo com autores como Itamar Vieira Júnior, vencedor do prêmio Leya 2018, e Sérgio Rodrigues, colunista da Folha.
Maria João, neta de Jorge Amado, e Ricardo Viel, diretor de comunicação da Fundação José Saramago, vão comentar o livro “Com o Mar por Meio”, que reúne as correspondências trocadas entre os romancistas. 
A próxima edição do festival —ou o segundo capítulo, como prefere Ricardo Oliveira— vai acontecer em Lisboa, em setembro. O Felpo é uma iniciativa do Global Media Group, conglomerado de comunicação de Portugal que possui a rádio TSF, os jornais Diário de Notícias e Jornal de Notícias, entre outros veículos. 
O festival tem o apoio da Prefeitura de Salvador. 
Folha UOL

Comentários

Mais Visitadas

Principal nome da literatura feita para crianças no Ceará, Horácio Dídimo, morto em 2018, pode ser homenageado em Dia Estadual da Literatura Infantil

VIVER A SEMANA SANTA

Praça Luiza Távora, em Fortaleza, abrigou castelo

Festival de literatura promove ‘maratona’ com 40 atividades em Bauru

Cientista político lança livro sobre a influência da Lava Jato no eleitor