Cearenses criam startup que aluga livros de terceiros a partir de 50 centavos a diária

Por William Barros

Os estudantes Daislan Vieira, Juan Carlos e Saulo Joab são os responsáveis pela AlluGo!, uma startup que viabiliza aluguel de livros. Os criadores são alunos do bacharelado em Sistemas de Informação do Instituto Federal do Ceará (IFCE). O serviço ainda está restrito à cidade do Crato, onde fica localizado o campus em que os desenvolvedores estudam.
Na plataforma, o usuário tanto pode alugar obras literárias quanto cadastrar exemplares para serem emprestados. Durante todo o procedimento, as informações são colhidas em formulários da plataforma Google Forms. Em poucas semanas, o projeto já ultrapassou a marca de 160 livros cadastrados.
Quem utiliza o serviço também não precisa se preocupar com a entrega. De bicicleta, a própria equipe do projeto se encarrega de buscar e deixar os livros nos endereços solicitados. Um outro diferencial da plataforma é o baixo custo do aluguel. Os valores variam entre 50 centavos e 2 reais por dia de leitura.
Os criadores já planejam a expansão do projeto. Eles pretendem levar a plataforma para cidades como Juazeiro do Norte e Barbalha; depois, para outros estados ou cidades maiores. Além disso, a equipe também já trabalha no desenvolvimento de um aplicativo para o serviço.
“A gente acredita que, se promover a questão da leitura, trazendo livros para as pessoas de uma forma mais barata, vai contribuir muito para o desenvolvimento tanto na região quanto da nossa sociedade em geral”, afirma o universitário Saulo Joab.

Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

Principal nome da literatura feita para crianças no Ceará, Horácio Dídimo, morto em 2018, pode ser homenageado em Dia Estadual da Literatura Infantil

VIVER A SEMANA SANTA

Praça Luiza Távora, em Fortaleza, abrigou castelo

Festival de literatura promove ‘maratona’ com 40 atividades em Bauru

Cientista político lança livro sobre a influência da Lava Jato no eleitor