Pular para o conteúdo principal

Confira programação completa do 70º Salão de Abril

Mostra segue aberta ao público até o dia 30 de junho

Minimuseu Firmeza
Minimuseu Firmeza(Foto: divulgação)
As 30 obras selecionadas para o 70º Salão de Abril ficam expostas até junho em cinco espaços de Fortaleza, sendo seis em cada local. O evento, que começou no último sábado, 27, no Minimuseu Firmeza, também ocupará a Sem Título Arte, o Centro Cultural Casa do Barão de Camocim, o Espaço Cegás de Cultura e o Centro Cultural Banco do Nordeste de Fortaleza (CCBNB).
Além desses espaços, a mostra percorre ateliês e galerias da cidade. A programação conta, ainda, com palestras e debates abertos ao público.
Confira programação completa:
Sem Título Arte
Quando: visitação de 2 de maio a 30 de junho. Segunda a sexta, de 14 às 19 horas
Onde: rua João Carvalho, 66, Aldeota
Mais infos: 3037 0008
Centro Cultural Casa do Barão de Camocim
Quando: 11 de maio a 30 de junho. Terça a sexta, de 9 às 19 horas; sábado e domingo, de 10 às 17 horas
Onde: rua General Sampaio, 1632, Centro
Mais infos: 3252 1444
Espaço CEGÁS de Cultura
Quando: 16 de maio a 30 de junho. Segunda a sexta, de 13 às 17 horas
Onde: avenida Washington Soares, 6475 - Edson Queiroz
Mais infos: 3266 6900
Centro Cultural Banco do Nordeste de Fortaleza
Quando: 25 de maio a 30 de junho. Terça a sábado, de 10 às 18 horas
Onde: rua Conde d'Eu, 560 - Centro
Mais infos: 3209 3500
Ateliês Convidados
Roberto e Lúcia Galvão
Quando: 6 e 13 de junho, às 16 horas
Onde: avenida Dr. Joaquim Frota, 132 – Água Fria
Hélio e Efimia Rola
Quando: 12 e 19 de junho, às 10 horas
Onde: Rua Joaquim Ferreira, 911 – Lagoa Redonda
Acidum Project
Quando: 14 e 15 de junho, das 15h às 18 horas
Onde: Rua Rui Monte, 274 – Antônio Bezerra
Sérgio Pinheiro
Quando: 21 e 28 de junho, às 15 horas
Onde: Rua Paschoal de Castro Alves, 51 – Vicente Pizon
Sérgio Lima
Quando: 26 e 28 de junho, às 16 horas
Onde: Rua Nogueira Acioly, 204 - Centro
Programação Formativa
Palestra com o artista visual Efrain Almeida (CE/RJ). Acontece na abertura da exposição “Bordas e Pespontos: o Bordado na Arte Contemporânea”
Quando: 11 de maio, um sábado, às 9 horas
Onde: Ateliê da Nice no Centro Cultural Casa do Barão de Camocim
Palestra com a designer e criadora da marca de bolsas artesanais Catarina Mina, Celina Hissa (CE). A atividade ocorre no dia da abertura da exposição.
Quando: 16 de maio, uma quinta-feira, às 15h30min
Onde: Espaço Cegás de Cultura (Washington Soares, 6475 - Edson Queiroz)
Palestra com o jornalista e consultor de moda Jackson Araujo (CE/SP).
Quando: 6 de junho, segunda-feira, 18 horas
Onde: Auditório Castelo Branco do Instituto Federal do Ceará (Av. Treze de Maio, 2081 – Benfica)
Palestra com o pesquisador da Universidade Estadual do Ceará – UECE, Guilherme Marcondes (RJ/CE); com o colecionador Sérgio Carvalho (DF); e com o galerista Victor Perlingeiro (CE)
Quando: 13 de maio, segunda-feira, 19 horas
Onde: Sem Título Arte
Peça Teatral “4 Passos” e palestra com Janaína de Melo, Narcélio Grud e com Rachel Gadelha
Quando: 30 de maio, quinta-feira, às 18 horas
Onde: Centro Cultural Banco do Nordeste
REDAÇÃO O POVO ONLINE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…