Pular para o conteúdo principal

Bienal Internacional do Livro do Ceará anuncia novos autores que estarão no evento

Bienal Internacional do Livro do Ceará anuncia novos autores que estarão no evento

Abdulai Sila estará no evento. Autor do romance guineense Eterna Paixão, e é considerado uma das maiores vozes da literatura de Guiné-Bissau.
Abdulai Sila estará no evento. Autor do romance guineense Eterna Paixão, e é considerado uma das maiores vozes da literatura de Guiné-Bissau.(Foto: Divulgação)
A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) anunciou novos autores que estarão presentes a XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará, evento que acontecerá no Centro de Eventos do Ceará, entre os dias 16 e 25 de agosto.
Entre os nomes estão Abdulai Sila, de Guiné-Bissau; Audino Muiang, de Moçambique; Ondjki, da Angola; Julio Machado, de Porto Alegre; Mariana Fujisawa, de São Paulo; Andre Mauro, André Telles do Rosário, Jo A-mi e Rodrigo Ordine Graça, ambos cearenses.
Segundo a Secult, a presença de autores da África é garantida pela parceria com a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) para o Encontro de Oralidades & Escritas em Língua Portuguesa. O encontro que acontece no Centro de Eventos é levado também ao Maciço de Baturité e à outros espaços de Fortaleza.
Além de garantir a presença de autores do continente africano, a Secult informa que também realiza ações de diálogo com múltiplos setores da sociedade, como mulheres, negros, povos tradicionais, indígenas, afro, ciganos, infância e LGBT. Os Comitês de Expressões Culturais Afro-brasileiras e de Políticas Culturais Indígenas no Ceará fazem diálogos constantes, segundo a secretaria.
Dentre as apresentações culturais no Encontro de Oralidades e Escritas em Língua Portuguesa estão a Banda Cabaçal Palmares, formada por estudantes da Unilab; o grupo de Estudos com Povos Indígenas (GEPI), que promove a formação de contadores de histórias; o grupo Firkidta Di No Kampada, projeto de jovens escritores de várias nacionalidades; o grupÁo Vozes D’África, que visa promover e fortalecer a integração entre países da cooperação; e o Nixon Araújo, exposição e oficina de colagens baseada no livro Terra Sonâmbula.
REDAÇÃO O POVO ONLINE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08