Pular para o conteúdo principal

PASSO FUNDO: Escola municipal lança espaço dedicado à literatura para alunos

Crianças e adolescentes podem pegar livros para ler, e professoras também contam histórias aos pequenos
Crianças e adolescentes podem pegar livros para ler, e professoras também contam histórias aos pequenos /GLENDA VIVIAN/DIVULGAÇÃO/CIDADES
Ler para conhecer, para aprender e se preparar para o futuro. De muitas formas o livro contribui e está presente na vida dos estudantes. E quando a leitura recebe incentivo especial por parte da escola, aí sim que ler se torna alegre e recompensador. Foi isso o que aconteceu na Escola Municipal Arlindo de Souza Mattos, onde foi inaugurado o Espaço da Leitura na semana passada. 

Mais do que um local onde os livros estão guardados, o Espaço da Leitura é o lugar onde os livros estão esperando para serem lidos, para compartilhar com olhos e mentes atentas tudo que de melhor têm a oferecer. É por isso que a inauguração se tornou uma grande e bonita festa, com a presença da comunidade, de autoridades, professores, direção e funcionários. Afinal, foram diversos anos de espera pelo local. 

"Fazia anos que esperávamos por um espaço de leitura, de livros e conseguimos encontrar esse lugar. E com a ajuda e a colaboração de várias pessoas da secretaria de Educação, da comunidade e de professores hoje temos o nosso Espaço de Leitura. Investimos nesse sonho por acreditar que um país melhor se faz através da leitura, através dos livros", destacou a diretora, Adriana Vanin. 

Para o prefeito em exercício, João Pedro Nunes, o Espaço da Leitura inaugurado deve ser valorizado. "É uma conquista importante, porque é através da educação que se transformam vidas e através dos livros, da leitura, se dá a unidade da sociedade", argumentou. A conquista também foi comemorada pela ex-diretora da escola, a professora aposentada Clair Fátima Bilibio, que por 26 anos lecionou na Arlindo de Souza Mattos. "Comecei a dar aulas aqui neste local quando a escola era ainda toda de madeira e sempre lutamos para que fosse melhorada. Hoje vindo aqui, vendo a escola nova, é um sonho realizado. Vendo o resultado da luta que travamos juntos hoje aqui no Espaço da Leitura é uma sensação muito boa, é indescritível", salientou. 

Durante o evento de inauguração, dois desafios foram lançados aos alunos da escola. O primeiro, pelo escritor Pablo Morenno, que está realizando um projeto literário na escola. Depois de interpretar um de seus livros, ele desafiou os alunos da escola a se tornarem leitores cada vez mais fiéis aos livros. Para isso, se comprometeu a premiar os três alunos mais assíduos em leitura entre os estudantes do 1º ao 5º ano e também os três mais assíduos entre os alunos do 6º ao 9º ano. Os prêmios que serão oferecidos ainda não foram divulgados e serão comunicados em um momento oportuno. 

O outro desafio foi lançado pelo vereador da cidade, Leandro Rosso, que foi um dos principais colaboradores com doações de livros para o Espaço da Leitura. Conforme o vereador, no final deste ano, o aluno que retirar e ler o maior número de livros do Espaço da Leitura poderá ir até seu gabinete e escolher qual livro quer ganhar dele.

Fonte: Jornal do Comércio (https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/jornal_cidades/2019/05/683545-escola-municipal-lanca-espaco-dedicado-a-literatura-para-alunos.html)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil* O corpo do jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na próxima terça-feira (9), no Memorial do Carmo, segundo a Academia Brasileira de Letras (ABL), respeitando o desejo do imortal. Cony morreu ontem (6), aos 91 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos após dez dias de internação. Segundo a ABL, como a morte ocorreu em um fim de semana, procedimentos jurídicos e administrativos terão que ser resolvidos nesta segunda-feira (8). Após a cremação, suas cinzas devem ser lançadas em um local que remete a sua infância. Também a pedido do jornalista, seu corpo não foi velado na sede da academia. A amiga e também jornalista Rosa Canha disse que Cony desejava uma cerimônia íntima. "Ele não queria velório, não queria missas nem nenhum tipo de homenagens. Ele pediu muito que fosse uma cerimônia apenas para a família".  Saiba MaisTemer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926.…

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…