Pular para o conteúdo principal

Sala de aula: grande palco

Carlos Delano Rebouças*
Existe uma pseudoimpressão de que em sala de aula há um abismo entre quem busca e detém o conhecimento, o qual separa o professor de seus alunos, fazendo com que entre eles exista uma lacuna cujo espaço não cabe o compartilhamento de conhecimentos e saberes, apenas a defesa de que se restringem apenas ao professor e a ninguém mais.

A sala de aula, na realidade, é um grande palco, não de ilusões, mas de sonhos muitos distantes de serem vistos como utopia. Nele, não existem figurantes, antagonistas, bandidos ou vilões. Vê-se apenas grandes protagonistas que se tornam os emblemáticos mocinhos de uma bela história que narra o sucesso de quem acredita no poder do conhecimento.

Obviamente que tão relevantes atores precisam da regência de um grande maestro, não que seja o único detentor do conhecimento, mas sim por assumir, apenas oficialmente, o comando de um grupo multidisciplinar que para o qual repassa seus conhecimentos, bem como abre espaço para que outros mais sejam compartilhados, a fim de que o processo de desenvolvimento de mudanças aconteça com excelência. É a transformação do homem por meio da partilha de conhecimentos.

Contudo, para que tudo isso aconteça em alto nível, faz-se necessário que se desenhe um ambiente propício para isso, que esse palco seja armado de forma que todos os participantes se vejam como peças importantes nesse processo de aprendizagem. Assim, deve-se trabalhar a motivação; o autoconhecimento, sobretudo da sua realidade e de suas potencialidades; bem como do nosso senso de cooperação, pois com ele demonstramos o nosso lado menos egoísta de acreditar que os conhecimentos são apenas nossos e de mais ninguém.

E esse desenho quem o faz? O professor? Não! Somo todos nós – professores e alunos – que nos posicionamos no centro desse acolhedor picadeiro onde não existe palhaço, mas sim a alegria de construir e compartilhar conhecimentos, a qual nos leva a rir da falsa crença de que nada vale e a nada leva, apenas engana a quem que jamais se sentiu enganado por acreditar no poder da educação.

*Professor de Língua Portuguesa e redação, conteudista, palestrante e facilitador de cursos e treinamentos, especialista em educação inclusiva e revisor de textos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/