Pular para o conteúdo principal

Biografia de Dom Pedro Casaldáliga é lançada nesta quarta-feira na UFMT

Dom Pedro e a jornalista Ana Helena Tavares
Dom Pedro e a jornalista Ana Helena Tavares
Escrita pela jornalista Ana Helena Tavares, a biografia “Um bispo contra todas as cercas: a vida e as causas de Pedro Casaldáliga” será lançada nesta quarta-feira (12) no Instituto de Linguagens da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), a partir das 19h. A obra é resultado de quatro anos de trabalho.

Segundo entrevista dada às ‘Comunidades Eclesiais de Base do Brasil’ (Cebs do Brasil), pela própria autora, em abril de 2019, o livro surgiu depois de uma viagem que Ana fez a São Feliz do Araguaia em setembro de 2011, quando fazia uma série de reportagens para o site “Outras Palavras”, que depois foram publicadas no livro “O Problema é ter Medo do Medo”, sobre a Ditadura Militar.

Depois deste primeiro contato, a jornalista decidiu fazer a biografia, trabalho que durou de 2015 até o final de 2018. “Pedro é uma pessoa que volta todas as causas ligadas aos direitos humanos, e ele falou no meu ouvido, antes de eu sair, a primeira vez que eu fui em 2012, ele falou uma coisa que muito me marcou, e que eu acho que ele acostuma a falar para todo mundo, que é nunca se esqueça das causas da vida. Então, eu vim com essa intenção de não me esquecer das causas da vida, e aí decidi fazer essa biografia. A história realmente é essa, é a história de uma repórter que foi entrevistar um bispo para um projeto sobre a Ditadura Militar, e se apaixonou pela história de vida desse bispo e resolveu escrever a história dele, fazer a biografia dele”, afirmou a jornalista.

O lançamento em Cuiabá é organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem (PPGEL) da UFMT. O evento contará com uma conferência com Ana Helena Tavares, jornalista e autora da biografia, uma mesa redonda com a apresentação de trabalhos sobre a obra poética de Pedro Casaldáliga e o lançamento da obra.

“Um bispo contra todas as cercas” conta a história de Pedro Casaldáliga, bispo emérito de São Félix do Araguaia (MT). O religioso catalão, alinhado com a Teologia da Libertação, chegou ao Brasil em 1968, aos 40 anos, e nunca mais voltou à Espanha. O livro traça sua trajetória com foco nas causas que abraçou, tais como: educação laica, mista e libertadora; Reforma Agrária; erradicação do trabalho escravo; reconhecimento dos direitos dos povos indígenas.

Foram muitas as dificuldades contra as quais lutou, notadamente na ditadura militar, quando sofreu repressão, cesura e foi quase expulso do Brasil. Mesmo depois disso, continuou ameaçado de morte. Trata-se da biografia de um homem perseguido, mas não amargurado. Um poeta que sabe fazer versos com a dor e transformá-la em ação.

O evento é organizado pelos docentes do PPGEL em parceria com os professores do Programa de Pós-graduação em Estudos Literários (PPGEL) da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). Nesta semana, a obra foi lançada em Tangará da Serra na segunda-feira (10) e nesta terça-feira (11), a atividade será realizada em Cáceres.

Fonte: Olhar Direto

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/