Pular para o conteúdo principal

Plataforma online oferece curso com produtor premiado em Festival de Cannes

Está no ar o curso “Produção Criativa para Cinema”, com Rodrigo Teixeira, produtor do vencedor A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, do cearense Karim Aïnouz, escolhido melhor filme da seção paralela “Um Certo Olhar, no Festival de Cannes. O intuito do curso online, proposto pela plataforma Navega, é formar e qualificar profissionais e estudantes do audiovisual, trazendo nomes consagrados da indústria do setor no Brasil.
O curso aborda temas como a importância do repertório para a carreira do produtor, como selecionar histórias com potencial cinematográfico, atuação do profissional desde o roteiro até o lançamento da obra, além de dicas para criar, desenvolver e manter relações duradouras com diretores, criadores e demais talentos da cadeia do audiovisual.
Voltado a produtores, distribuidores, diretores, roteiristas e demais profissionais da indústria audiovisual, incluindo estudantes e amantes da sétima arte, o curso tem aproximadamente quatro horas de conteúdo exclusivo, dividido em 34 videoaulas. Complementando a experiência, a Navega oferece material pedagógico para acompanhamento das aulas e certificado de conclusão do curso, que também é oferecido para a região nordeste.
“Produções fora do eixo Rio-São Paulo, como Pernambuco, Minas Gerais, Porto Alegre, Ceará e Bahia, vivem ótimos momentos. São polos reconhecidos em crescimento constante de arranjos produtivos, a democratização, política pública e o barateamento da tecnologia, além da criação de espaços formativos em linguagem e roteiro, vêm formando uma nova cara do audiovisual brasileiro. Essa diversidade favorece novos pontos de vista locais, eleva a criatividade e contribui para a vitalidade cultural do País. Foi com o intuito de apoiar este fortalecimento do cinema regional que criamos mais essa possibilidade de formação com os cursos online da Navega”, destaca Rodrigo Teixeira.
No conteúdo do curso online, Rodrigo Teixeira também explora as correlações entre literatura e a compra de direitos de obras literárias que foram adaptadas para o cinema, o ajudando a tornar-se um dos nomes mais proeminentes e respeitados da indústria cinematográfica, com relevante atuação nos disputados mercados norte-americano e europeu.
“Trocar experiências e mostrar um pouco da minha trajetória é algo que me dá um imenso prazer, e fazer isso através da Navega torna tudo muito mais prático e profissional. Acho que, com isso, podemos contribuir para a qualificação profissional e a formação artística de produtores, roteiristas e documentaristas da indústria audiovisual brasileira, passando um pouco do conhecimento necessário para que as pessoas interessadas possam entrar no nosso mercado”, pontua
Rodrigo Teixeira – Rodrigo Teixeira é fundador da RT Features (https://rtfeatures.com.br/) e um dos mais proeminentes produtores brasileiros da atualidade. No Brasil, esteve à frente de longas-metragens como “O Cheiro do Ralo”, “Tim Maia”, “Alemão”, “Heleno”, “Abismo Prateado” e “O Animal Cordial”. No mercado internacional, Teixeira produziu filmes premiados como “Me Chame Pelo Seu Nome”, “Frances Há”, “Love” e “A Bruxa”. Desde 2016, é integrante da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Com a produção de “Me Chame Pelo Seu Nome” foi indicado ao Globo de Ouro e disputou quatro estatuetas no Oscar 2018, tendo arrebatado a de Melhor Roteiro Adaptado.
Em 2018, o produtor emplacou três filmes indicados ao Independent Spirit Awards, principal premiação do cinema independente americano. Além de “Me Chame Pelo Seu Nome”, foram indicados “Patti Cake$” e “Ciaganos da Ciambra”, exibido no Festival de Cannes em 2017, foi o primeiro filme produzido pela parceria de Teixeira com o diretor Martin Scorsese por meio da Sikelia Productions, selo que financia filmes de cineastas emergentes em todo o mundo. A bem sucedida dupla também esteve recentemente na Croisette com “Port Authority”, de Danielle Lessovitz. Ainda para este ano Rodrigo finaliza o thriller de ficção científica “Ad Astra”, de James Gray, com Brad Pitt e Tommy Lee Jones no elenco.
Serviço
Mestre: Rodrigo Teixeira.
Informações: www.navega.art.br
Investimento: R$ 590,00 (é possível parcelar o valor em até 10 vezes).

Tribuna do Ceará

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil* O corpo do jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na próxima terça-feira (9), no Memorial do Carmo, segundo a Academia Brasileira de Letras (ABL), respeitando o desejo do imortal. Cony morreu ontem (6), aos 91 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos após dez dias de internação. Segundo a ABL, como a morte ocorreu em um fim de semana, procedimentos jurídicos e administrativos terão que ser resolvidos nesta segunda-feira (8). Após a cremação, suas cinzas devem ser lançadas em um local que remete a sua infância. Também a pedido do jornalista, seu corpo não foi velado na sede da academia. A amiga e também jornalista Rosa Canha disse que Cony desejava uma cerimônia íntima. "Ele não queria velório, não queria missas nem nenhum tipo de homenagens. Ele pediu muito que fosse uma cerimônia apenas para a família".  Saiba MaisTemer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926.…

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …