Pular para o conteúdo principal

Theatro José de Alencar comemora aniversário com programação durante todo o mês de junho

O espetáculo
O espetáculo "Café com Queijo acontece no dia 30 de junho, às 19 horas (Foto: Divulgação)
Apresentações, shows, festas e visitas guiadas compõem a programação dos 109 anos do Theatro José de Alencar, celebrados durante todo o mês de junho. Tim Bernardes se apresenta no palco do teatro, que também recebe a banda O Terno, além de espetáculo da residência Lume Teatro.
Inaugurado em 17 de junho de 1910, o Theatro José de Alencar, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), é referência artística e turística nacional, e desempenha importantes papéis na vida cultural cearense. Foi tombado pelo Iphan como Patrimônio Histórico Nacional em 1964.
Confira destaques da programação (programação completa aqui).
Visitas Guiadas Temáticas
Durante este mês, o TJA realiza uma série de Visitas Guiadas Temáticas. Serão três visitas com os temas "O jardim de Burle Marx", com Fernanda Rocha, “O Theatro José de Alencar" com Izabel Gurgel e a “Visita Dançada" com Silvia Moura. As visitas acontecem nos dias 9, 16 e 23 de junho, respectivamente, sempre às 15 horas. A atividade é gratuita e limitada a 40 pessoas por visita.
Quando: 9, 16 e 23 de junho, às 15 horas
Onde: rua Liberato Barroso, 525 - Centro
Gratuito (limitado)
Cantares recebe o CAIS - Coral dos Amigos da Izaíra Silvino
O Cantares - Mostra de Corais do TJA, projeto que incentiva o canto coral, recebe o espetáculo “Terra Mãe - O feminino no planeta” do Coral dos Amigos da Izaíra Silvino (Cais). O encontro acontece no dia 7 de junho, sexta-feira, às 19h30min, no palco principal do Theatro José de Alencar. Com acesso gratuito, serão distribuídos 80 ingressos a partir de 18h30min, uma hora de antes do início do espetáculo.
Quando: 7 de junho, sexta-feira, às 19h30min
Onde: rua Liberato Barroso, 525 - Centro
Gratuito. Retirar ingresso 1 hora antes do início do espetáculo (limitado)
Abertura da exposição de bonecos "Santo Ofício: o começo e o meio sem fim"
Na quarta-feira, 5, às 15 horas, acontece a abertura da exposição "Santo Ofício: o começo e o meio sem fim", da Cia. de Teatro Epidemia de Bonecos. A exposição conta com 80 Bonecos, medindo cerca de 12cm cada, além de adereços e projeções. Permanecerá exposta na Galeria Ramos Cotoco (TJA) até o dia 30 deste mês.
Quando: quarta-feira, 5, às 15 horas
Onde: Galeria Ramos Cotoco (rua Liberato Barroso, 525 - Centro)
Gratuito
Tim Bernardes
Tim Bernardes realiza apresentação dupla nas celebrações de aniversário do TJA. No dia 14, sexta-feira, o artista apresenta o disco-solo "Recomeçar". No sábado, 15, ele retorna ao palco com a banda O Terno, lançando o álbum “< atrás/além >”, às 18h30min. Os ingressos para os shows estão à venda no site sympla.com.br ou na bilheteria do TJA.
Quando: 14 de junho, sexta-feira, às 19 horas/ 15 de junho, sábado, às 18h30min
Onde: rua Liberato Barroso, 525 - Centro
Quanto: R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira)/ O Terno: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Vendas: sympla.com.br e bilheteria do local
Theatro de Portas Abertas
Ao longo do dia do aniversário do TJA, 17 de junho, o projeto “Theatro de Portas Abertas” realizará série de apresentações gratuitas dentro e fora do teatro. Às 8 horas e às 13 horas, acontece a "Visita Espetacular, uma Aventura no Theatro José de Alencar", do Instituto Teatro Público, em diversos espaços do Theatro. às 9 horas, o espetáculo infantil “O galinheiro de Bragança”, do Grupo Galhofo, sobe ao palco principal.
Pela tarde, às 16 horas, no foyer, acontece o recital “Fados que amo, Amália Rodrigues”, por Carol Damasceno. No jardim do Theatro, às 16h30min, o artista Valter Lano apresenta a performance "O que é belo? Transitoriedade".
Na calçada, o programa Arte de Rua Especial recebe o Grupo Garajal com o espetáculo “Bom é o que Acaba Bem”, às 17 horas. A tradicional “Hora do Angelus” será interpretada, às 18 horas, pelo grupo Dona Zefinha, seguido do espetáculo “Invocado que Só”.
A Cia. Dita encerra o dia com a estreia do “Fortaleza”, às 19h30min, no palco principal. O espetáculo traz uma reflexão sobre as raízes indígenas, a Belle Époque, a chacina do Curió e os tiros disparados indiscriminadamente na Praça da Gentilândia.
Quando: dia 17 de junho, segunda-feira
Onde: dentro e fora do Theatro José de Alencar
Gratuito
Espetáculo “E.L.A”
O espetáculo “E.L.A”, estrelado por Jéssica Teixeira e dirigido por Diego Landin, chega ao palco principal do TJA no dia 22 de junho. A peça aborda temas relacionados ao corpo como saúde, política, feminilidade, acessibilidade e beleza, e promete fazer refletir sobre aceitação. Apresentação será gratuita.
Quando: 22 de junho, sábado, às 19 horas
Onde: Palco Principal do TJA
Gratuito
Lume Teatro faz temporada no TJA
No fim deste mês, o TJA realizará residência artística com o grupo Lume Teatro (SP). Na programação, um workshop, uma demonstração técnica e três espetáculos acontecem entra os dias 28 de junho e 1º de julho. O acesso a todas as apresentações é gratuito e limitado (entradas serão distribuídas 1 hora antes do início dos espetáculos).
No dia 28, sexta-feira, Ana Cristina Colla apresenta o solo “SerEstando mulheres”, às 20h, na Sala de Teatro Nadir Papi Saboya. No sábado, 29, acontece o solo “Dissolva-me” de Renato Ferracini, às 19 horas, também na Sala de Teatro. Dia 30, um domingo, o palco principal recebe o espetáculo “Café com Queijo”, às 19 horas.
REDAÇÃO O POVO ONLINE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…