Pular para o conteúdo principal

Unibes Cultural recebe exposição com releituras da literatura de cordel

A exposição “Arraial da Cidade Cordel 2x10” pode ser vista gratuitamente até 21 de julho

POR BEATRIZ LOURENÇO COM STÉPHANIE DURANTE

A exposição “Arraial da Cidade Cordel 2x10” está em cartaz na Unibes Cultural, em São Paulo, até o dia 21 de julho. A mostra reúne 10 artistas consagrados reinterpretando imagens de clássicos da literatura de cordel. A entrada é gratuita.
As obras, com curadoria de Antonio Farinaci e Maria Fernanda Monteiro de Barros, são divididas em cinco grupos de contos do estilo. Os fantásticos, que tratam do mundo sobrenatural; os sobre bichos, que se passam no tempo mítico em que animais falavam; os de estilo crônica, que relatam acontecimentos, efemérides ou fazem crítica de costumes; os que contam casos, histórias que carregam um tom entre a fofoca e a anedota, com ironia, humor e sarcasmo; e os cordéis de amor, dedicados à temática amorosa em geral.
Segundo Maria Fernanda, o resultado é inusitado e inspirador. "Pedi para que os artistas fizessem o trabalho em um suporte plano, sem restrição de tamanho ou material. Assim, temos obras em papel, tela e até latão", conta.
Os nomes que compõem o evento são Claudio Tózzi, Flora Rebollo, Camile Sproesser, Gokula Stoffel, Rodrigo Bueno, Eveline Sin, Carla Caffé, Bruno Dunley, Antonio Sobral e Pedro Caetano. "A literatura de cordel é muito importante para o Brasil. É impressionante ver como os artistas, a partir de um pequeno livrinho, imprimiram seus signos nas releituras", afirma a curadora.
Capa original do conto "O homem que subiu em aeroplano até a lua" (Foto: Divulgação)

Serviço – Exposição de Cordel:
Quando: Até 21/07. De terça a domingo, das 10h às 19h.
Onde: Unibes Cultural - Rua Oscar Freire, 2.500 - Sumaré - São Paulo - SP.
Entrada gratuita

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08