Pular para o conteúdo principal

Ibope: 70% são contra arma de fogo em São Paulo



 No dia em que um empresário cometeu suicídio em frente ao ministro de Minas e Energia, em Sergipe, o Ibope divulgou pesquisa indicando que 70% dos moradores de São Paulo são contrários ao porte de arma de fogo.


O levantamento do instituto, segundo o UOL, coincide com os 76% dos paulistanos que percebem o aumento da violência no município. Ou seja, eles não consideram possuir uma arma de fogo para conter a criminalidade como apregoa o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Bolsonaro disse a caminhoneiros que ‘se tiver arma de fogo, é para usar’ durante encontro numa churrascaria de Anápolis (GO), no dia 31 de maio.

LEIA TAMBÉM
Defesa de Lula rebate carta de Léo Pinheiro

Em abril, pesquisa Ibope apontava que 68% dos moradores de São Paulo eram contra a flexibilização posse de armas cujo decretos do governo federal causam espécie nos especialistas em segurança pública.

A pesquisa do Ibope divulgada hoje (4) foi realizada em parceria com a Rede Nossa São Paulo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08