Pular para o conteúdo principal

Oscar: Aumenta a participação de mulheres e negros

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas tem atualmente 8.946 membros ativos.
Lady Gaga foi indicada pela canção
Lady Gaga foi indicada pela canção "Shallow", para "Nasce Uma Estrela". (AFP/Arquivos)

Comprometida em aumentar a representatividade e diversidade de seus membros, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou ontem, 1º de julho, que está integrando mais 842 associados de 59 países. A maioria é de mulheres, 50%, seguidas pelos afrodescendentes, 29%.

Orgulhosamente, a Academia anuncia que as mulheres, que em 2015 somavam 25% de seus integrantes, agora chegam a 32%. A representação dos negros duplicou - 8% em 2015, são 16% em 2019, com a nova leva de associados.

O Brasil conta com mais seis representantes, entre artistas e técnicos, na Academia. Os produtores Luiz Carlos e Lucy Barreto, cujos filhos Fábio e Bruno já foram indicados para o Oscar, por filmes que eles produziram, O Quatrilho e O Que É Isso, Companheiro?; a diretora Laís Bodanzky, de obras consagradas como Bicho de Sete Cabeças e Como Nossos Pais; a montadora Jordana Berg, dos filmes de Eduardo Coutinho e Democracia em Vertigem, de Petra Costa, disponível na Netflix; a diretora de arte Vera Hamburger, que tem no currículo a colaboração com Hector Babenco, Cacá Diegues, Cao Hamburger, Tata Amaral, Eliane Caffé, Sérgio Rezende e Walter Lima Jr.; e o guitarrista e compositor Heitor Teixeira Pereira, de Meu Malvado Favorito.

Lady Gaga
A mexicana Marina de Tavira, indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante pelo aclamado Roma, entra junto com outros atores compatriotas como Yareli Arizmendi, Bruno Bichir, Héctor Bonilla e Dolores Heredia.
Também se destacam na categoria atuação a espanhola Irene Escolar, ganhadora do "Goya" de melhor atriz revelação em 2016 por Um outono sem Berlim, e o argentino Juan Diego Botto.
A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas tem atualmente 8.946 membros ativos, dos quais 8.733 podem votar para o Oscar.
No ano passado fez um número recorde de 928 convites, mas esta é a primeira vez que as mulheres representam a metade dos convites. Dez dos 17 ramos da Academia convidaram em 2019 mais mulheres que homens.
Lady Gaga, vencedora do Oscar pela canção Shallow para Nasce uma estrela, pelo qual também foi indicada, recebeu convites nas categorias de música e atuação da Academia. Terá que escolher uma delas.
As atrizes Claire Foy e Elisabeth Moss também foram convidadas, assim como a cantora britânica Adele, vencedora do Oscar pela canção de Skyfall.
Os atores negros Sterling K. Brown, Winston Duke e Adewale Akinnuoye-Agbaje estão entre os convidados, assim como o diretor de Podres de ricos, Jon Chu.
O novo Homem-Aranha, Tom Holland, também recebeu seu convite.

AFP

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08