Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

Bilhetes de encorajamento serão trocados por meio das redes sociais durante o 'Setembro Amarelo'


Projeto Vidas Preservadas lançará, de forma frequente, mensagens positivas em suas redes sociais em campanha de combate ao suicídio


Os recados podem ser acompanhados nas redes sociais do Vidas Preservadas e do MPCE.
Divulgação MPCE
Uma mensagem de apoio pode ter efeito positivo maior do que se imagina para quem está com a saúde mental fragilizada e, por isso, recados periódicos serão divulgado pelo projeto Vidas Preservadas por meio das redes sociais. A iniciativa, lançada nesta sexta-feira (30), faz parte da campanha Setembro Amarelo de combate ao suicídio e foi elaborada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).
Conforme o projeto, o Ministério Público iniciará a postagem de bilhetes com frases de encorajamento, fotografados e compartilhados por meio das redes sociais do MP. Objetivo da instituição é disseminar a ideia durante todo o mês de setembro, para que a população também crie e troque mensagens de valorização da vida por meio das suas redes sociais digitais.
Os bilhetes serão compartilhados nas redes sociais do projeto e do MPCE, nos dias ímpares do mês, com reflexões encorajadoras sobre existência. Além disso, o Vidas Preservadas estabelece capacitações, seminários e outras campanhas para alertar sobre a necessidade de debater sobre o tema.
Para garantir políticas públicas de combate ao suicídio é necessário investimento governamental, como destaca o promotor de Justiça e um dos coordenadores do projeto, Hugo Mendonça. Os números relatados pelo coordenador apontam Fortaleza como a 3º capital brasileira com o maior número de registros de suicídio e o Ceará como o 5º estado com mais mortes em decorrência de autoextermínio.
"Nós temos uma realidade, em Fortaleza, que é de epidemia de suicídios. No Estado do Ceará, do ano de 2010 a 2018, teve o crescimento de 31,8% nos casos de suicídios oficiais, fora aqueles que não foram notificados", ressaltou o coordenador do Vidas Preservadas, Hugo Mendonça.
Alcançar o interior do Estado é um dos objetivos do Vidas Preservadas, que já estabeleceu parceria com cerca de 50 municípios cearenses. O lançamento da campanha deste ano teve a participação de um estudioso de destaque na área, o psiquiatra e consultor da Organização Mundial de Saúde (OMS), José Manoel Bertolote. O profissional foi convidado para ministrar a palestra de abertura do Seminário “A evolução da prevenção do suicídio no Brasil e no Mundo: diretrizes para uma política efetiva”.

Diário do Nordeste

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Visite a casa onde viveu a pintora Frida Khalo; Artista nasceu há 113 anos

Marketing digital em tempos de pandemia tim-tim por tim-tim

Diversas maneiras de ser feliz