Centro de Mídia conta a história da Terra Santa ao mundo

A Basílica do Santo Sepulcro é um dos lugares que Lurdinha Nunes mais visita na Terra Santa
A Basílica do Santo Sepulcro é um dos lugares que Lurdinha Nunes mais visita na Terra Santa 
Colega jornalista brasileira traz experiência vivida na Terra Santa, através do trabalho realizado em Centro de Mídia que produz conteúdos em mais de cinco diferentes línguas, incluindo o português.
 
Silvonei José, Andressa Collet - Cidade do Vaticano
Foram cerca de 4 milhões os peregrinos que passaram pela Terra Santa em 2018, segundo dados do Ministério do Turismo de Israel. Para contar a história dos lugares sagrados, o Centro de Mídia Cristão de Jerusalém agrega uma equipe atuante no local e com material disponível em sete línguas, entre elas, o português.

A Terra Santa com sotaque português 

A brasileira Lurdinha Nunes, da Canção Nova, faz parte do projeto que é um instrumento de comunicação a serviço da Igreja na Terra Santa. Os conteúdos cristãos, ecumênicos e inter-religiosos mostram a beleza e a riqueza do lugar através de notícias, eventos, festividades e celebrações litúrgicas. O espaço multimídia oferece material tanto para os cristãos do mundo inteiro, como aos jornalistas e meios de comunicação setorizados.
De passagem pela Rádio Vaticano - Vatican News, a colega brasileira conversou com Silvonei José e contou, por exemplo, dos seus locais preferidos e que, inclusive, estão próximos de casa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior