Pular para o conteúdo principal

Toni Morrison: os livros disponíveis no Brasil

Escritora americana deixou uma obra concisa mas poderosa: foram 11 romances entre 1970 e 2015, nove deles publicados no Brasil pela editora Companhia das Letras.
(2012) Toni Morrison é homenageada com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo então presidente americano, Barack Obama.
(2012) Toni Morrison é homenageada com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo então presidente americano, Barack Obama. (AFP)

A escritora norte-americana Toni Morrison, que morreu nesta segunda-feira, 5, em Nova York, aos 88 anos, deixou uma obra concisa mas poderosa. Foram 11 romances entre 1970 e 2015, nove deles publicados no Brasil pela editora Companhia das Letras.
Ao longo dos anos, a escritora desenvolveu uma prosa seca, direta, desprovida de dramalhões, e com uma ponta, ainda que pequena, de otimismo. Habituou-se ainda a tratar de temas fortes em sua ficção, como pedofilia, prostituição, preconceito racial. Por isso, ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 1993, tornando-se a primeira mulher negra a ser honrada com a premiação.
Veja a seguir uma lista com os livros de Toni Morrison disponíveis no Brasil:
-O Olho Mais Azul (1970)
Romance de estreia, sobre menina negra que sonha ter olhos azuis numa época em que o modelo de beleza é o da atriz branca Shirley Temple
-Amada (1987)
Baseado em uma história real, é ambientado em 1873, época em que os Estados Unidos começavam a lidar com as feridas da escravidão recém-abolida
-Jazz (1992)
Em 1926, o Harlem, bairro negro de Nova York, é povoado por camponeses que vieram em busca das promessas da cidade grande. O que se sobressai, porém, são injustiças contra mulheres
-Paraíso (1998)
Primeiro romance publicado pela autora depois de receber o Nobel de Literatura. A ação se passa em Ruby, cidade onde todos têm o sangue cem por cento negro e são tementes a Deus
-Amor (2003)
Por meio das lembranças de seis mulheres, a história de ódios e paixões em que o falecido proprietário de um hotel à beira-mar é o pivô dos conflitos
-Quem Leva a Melhor? (2008)
Três fábulas originalmente contadas por Esopo e La Fontaine (A Cigarra e a Formiga, O Leão e o Rato e O Vovô e a Cobra), ganham nova versão, com tom contemporâneo
-Compaixão (2008)
A condição da mulher negra nos Estados Unidos, desta vez situando a narrativa em 1690, nos primórdios da nação americana
-Voltar Para Casa (2012)
Veterano de guerra vive em profundo conflito com seus fantasmas, perturbado pela enorme culpa de ser um sobrevivente e pelas atrocidades que cometeu
-Deus Ajude Essa Criança (2015)
Em um conto de fadas moderno, propõe uma difícil questão: o que fazer com o erro cometido por uma criança, quando ele foi motivado por uma força contra a qual ela era incapaz de lutar?

Dom Total

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

Projeto do escritor e professor cearense Gonzaga Mota doa livros para escolas públicas da Capital e do interior

Por Diego Barbosa,  Com a ação, Gonzaga Mota já circulou por 20 instituições, ora aumentando acervos, ora criando novas mini-bibliotecas Com facilidade, a porta em que está cravada a placa "Livros de escritores cearenses" escancara-se em nova visão. Do outro lado do anteparo, o olhar mira num aconchegante espaço, onde repousam, organizadas e coloridas, obras de toda ordem. São títulos tradicionais e contemporâneos, exemplares de poesias, contos, crônicas, romances. Em comum a todos eles, o DNA nosso: possuem assinatura de cearenses. E querem ganhar mais mundos, outras trilhas. Mantido pelo escritor e professor Gonzaga Mota, o gabinete da descrição acima é recanto de possibilidades. Desde o começo deste ano, o profissional mantém um projeto de doação de livros para escolas públicas de Fortaleza e do interior, almejando estender o raio de alcance da leitura, especialmente entre crianças e jovens. A vontade de fazer com que os volumes saltem da…