Anúncios Parceiro Magalu - Erigleissonevoce

Taxa e política de câmbio

Por Gonzaga Mota - Professor aposentado da UFC

A taxa de câmbio é um indicador econômico extremamente relevante para a fixação de políticas, principalmente nesta época de globalização. Define-se como o preço da moeda estrangeira em termos de moeda nacional. Por exemplo, real e dólar (R$/ US$). Assim, para raciocinar, atualmente, no Brasil, US$ 1 custa em torno de R$ 4. Um exportador brasileiro ao vender mercadorias equivalentes a US$ 1 mil no mercado dos Estados Unidos, deveria receber, internamente, cerca de R$4 mil; ou então, o importador brasileiro ao desejar comprar um produto americano por US$ 1 mil deveria dispor de R$ 4 mil.
Por isso, as desvalorizações do real em comparação com o dólar estimulam as exportações do Brasil e desestimulam as importações. Todavia, quem elabora a política econômica precisa ficar atento aos efeitos colaterais negativos (inflação, crescimento instável, redução de produtividade, desemprego, indicadores sociais, dentre outros). 
Cremos ser a política cambial, em razão de variáveis endógenas e exógenas, uma das vertentes mais complexas na formulação de diretrizes para o desenvolvimento de um país. Por sua vez, por trás da demanda de divisas, fluxo representativo da saída de recursos para o exterior, citam-se: importação de bens e serviços, pagamentos financeiros, empréstimos concedidos, amortizações pagas, etc. Já a oferta de divisas, fluxo referente à entrada de recursos evidenciado por operações como exportação de bens e serviços, empréstimos obtidos no exterior, amortizações recebidas, etc. 


A taxa de câmbio pode ser analisada em três casos básicos: 1. Taxa flutuante, determinada pelas forças de procura e oferta no mercado de divisas; 2. Taxa fixa, tendo-se em conta o compromisso do Governo de estabilizar o câmbio e 3. Taxa intermediária, entre a flutuante e a fixa, ou seja, as chamadas bandas cambiais (cotações mínima e máxima para a taxa).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Morre o acadêmico Murilo Melo Filho

‘Ideias para adiar o fim do mundo’ e entrar na lista